TCE-AM fará processo seletivo de estagiários por análise de histórico escolar e coeficiente

Facebook
Twitter
WhatsApp
O Pleno do Tribunal de Contas aprovou a realização do Processo Seletivo de Estagiários com base em análise curricular do histórico escolar e do coeficiente de rendimento universitário. A mudança é válida apenas para 2022. A resolução sobre o tema será publicada no Diário Oficial e a data de inscrição será divulgada posteriormente.
A decisão excepcional visa atender à urgência de demandas do TCE-AM, que possui uma alta rotatividade de estagiários.
“É uma questão temporária, para no próximo processo seletivo. Será um processo muito impessoal e continuará transparente. Aquele que tiver a melhor colocação, estará melhor ranqueado na lista de aprovados. Estamos precisando com urgência de estagiários, e o processo seletivo é um pouco mais demorado, por isso, faremos desta forma”, destacou o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, ao relembrar que todos os possíveis locais de provas estão reservados para a Justiça Eleitoral neste momento.
 
Realizado tradicionalmente por meio de nota do coeficiente escolar somada à nota na prova de seleção desde o ano de 1999, o Processo Seletivo de Estagiários sofrerá mudança apenas este ano, conforme a Resolução aprovada. Atualmente, muitas áreas trabalhadas na Corte de Contas, como direito, TI, arquitetura, administração, economia e engenharia, por exemplo, já não possuem cadastro de reserva, criando necessidade de novas contratações após o término dos contratos vigentes.
Com a nova metodologia, o próximo processo seletivo contará, apenas, com a nota do coeficiente de rendimento universitário do estudante, que passará por análise de examinadores da Escola de Contas Públicas.
 

Informações sobre abertura de edital para o Processo Seletivo de Estagiários serão divulgadas em breve pelo TCE-AM.
Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS