Sejusc realiza 1ª roda de conversa sobre intolerância religiosa com líderes do Estado

Facebook
Twitter
WhatsApp
Foto: Divulgação

Com o objetivo de promover a igualdade religiosa e social no estado, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc) realizou, nesta sexta-feira (20/01), a 1ª roda de conversa com líderes religiosos e do Estado em alusão ao Dia Nacional de Combate à Intolerância Religiosa. A iniciativa foi realizada no Cine Teatro Guarany, na avenida Sete de Setembro, zona sul de Manaus.

Coordenada pela Secretaria Executiva de Direitos Humanos da Sejusc (SEDH), a atividade iniciou as ações sociais da secretaria em prol da integração, compartilhamento de experiência e aplicações de políticas públicas para as comunidades. Ao todo, sete representantes religiosos estiveram presentes, sendo do catolicismo, espiritismo, judaísmo, maçônico, evangélico e de matrizes africanas, como candomblé e umbanda.

Jussara Pedrosa, secretária titular da Sejusc, pontua que a pasta está à disposição para atender e auxiliar todas as comunidades e religiões. “As portas da Sejusc estão sempre abertas, a casa é nossa, não é minha, mas eu espero deixar uma marca nas comunidades, ajudando a quebrar esses preconceitos e que trabalhemos para que nos próximos anos esse evento seja muito maior”, assinala a secretária.

Foto: Divulgação

Thayana Martins, representante da Umbanda na roda de conversa, comenta que a participação e reforço desse tema é de grande importância para a comunidade.

“Para mim é muito importante estar aqui hoje, pois vivemos esse tema diariamente e ter essa conversa é bom para podermos compartilhar e falar sobre o que almejamos na sociedade, para que essas ações de intolerância sejam, pelo menos, amenizadas. E com a parceria com a Sejusc, podemos dar mais visibilidade para as casas de umbanda, de candomblé, de povos de terreiros, fazer algo a mais para todos”, reforça Thayana.

A secretária executiva da SEDH, Gabriella Campezatto, pontua que a roda de conversa é uma base para a quebra de preconceitos voltados à religiões e o início de uma parceria para a criação de um conselho.

“Hoje temos aqui representantes de diversas religiões, além de órgãos públicos que podem estar sendo parceiros no combate à intolerância religiosa. Na secretaria nós temos o Conselho de Igualdade Racial, e hoje, por meio das conversas e troca de experiência, pretendemos sair daqui com um grupo formado para a futura criação de um Conselho de Diversidade Religiosa”, pontuou a secretária.

GPID

Coordenada pelo Departamento de Promoção e Defesa de Direitos (DPDD) da Sejusc, a Gerência de Promoção da Igualdade Racial e Respeito à Diversidade Religiosa (GPID) tem a finalidade de elaborar e coordenar políticas públicas que garantam o atendimento as necessidades especificas que colaborem com o combate à discriminação racial e intolerância religiosa, além de trabalhar na inclusão social da população negra, indígena, povos e comunidades tradicionais como forma de promover a igualdade étnico racial e a diversidade religiosa no estado do Amazonas.

Vinculada à SEDH, a unidade está localizada no Núcleo PcD da Sejusc, na Rua Salvador, 456, bairro Adrianópolis.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS