PGE-AM faz outorga de medalhas e lança revista jurídica em comemoração aos 50 anos

Facebook
Twitter
WhatsApp
Foto: Lucas Silva/Secom

Dando continuidade à programação dos seus 50 anos, a Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM) realizou, nesta segunda-feira (21/11), a entrega de medalhas do mérito para procuradores que marcaram a história do órgão. A cerimônia aconteceu no Palácio Rio Negro e também celebrou o lançamento de uma revista em alusão ao cinquentenário da PGE-AM.

As homenagens fizeram parte da programação preparada para comemorar os 50 anos do órgão. Na sexta-feira (18/11), houve a abertura cultural das comemorações com evento no Teatro Amazonas. Além da estreia do Coral da PGE-AM, a noite contou ainda com a apresentação do espetáculo “Amazonas Band convida Márcia Siqueira”.

Além de 22 artigos científicos, a publicação de nº 42 da revista jurídica da PGE também traz uma homenagem à memória da procuradora Sandra Maria do Couto e Silva. Reconhecida como uma referência do Estado junto aos Tribunais Superiores, Sandra Maria foi responsável por estabelecer as fundações da PGE-AM em Brasília (DF).

Foto: Lucas Silva/Secom

“Nós fizemos questão de lançar uma revista em comemoração aos 50 anos da PGE e ressaltar as pessoas que construíram a estrada pela qual nós passamos hoje. Nessa revista existem capítulos dedicados aos fundadores da PGE, às nossas atuais decanas da Procuradoria, e é extremamente relevante a gente respeitar o passado para poder construir um futuro melhor”, afirmou Giordano Bruno Costa da Cruz, procurador-geral do Estado.

Também lançada no evento, a revista especial comemorativa dos 50 anos da PGE traz em suas mais de 100 páginas não só um pouco da história da Procuradoria Geral do Estado do Amazonas, mas reverencia o trabalho de todos que contribuíram para consolidar o nome da instituição na advocacia pública amazonense.

“A história de excelência da PGE é feita por pessoas, são as pessoas que fizeram essa história, então nada mais justo, nada mais esperado do que nesse momento de celebração dos 50 anos da casa homenagear as pessoas que contribuíram e fizeram parte dessa história”, frisou a procuradora do Estado, Clara Lindoso.

A procuradora acrescentou que a revista jurídica de nº 42 da PGE possui 39 anos de existência, publicando artigos selecionados a partir de avaliação editorial.

Homenagens

Durante a entrega das medalhas do mérito da PGE-AM, foram homenageados nomes que, por sua excelência e relevantes serviços prestados à advocacia pública e à PGE, mereceram especial distinção. Criada em agosto de 2022, por meio de resolução do Conselho de Procuradores do Estado, a honorária tem como chanceler o procurador-geral do Estado, Giordano Bruno Costa da Cruz.

Nesta primeira edição comemorativa, o evento homenageou todos os ex-procuradores-gerais do Estado vivos e as procuradoras mais antigas em atividade, Indra Mara dos Santos Bessa e Ana Eunice Carneiro Alves. Completaram a lista os procuradores aposentados Lourenço dos Santos Pereira Braga, Flávio Cordeiro Antony e Maria Beatriz de Jesus Pinto Martins. Uma medalha também foi conferida à procuradora Sandra Maria do Couto e Silva in memoriam.

O ex-procurador-geral do Amazonas, Jorge Henrique de Freitas Pinho, foi um dos agraciados. Em nome dos homenageados, ele agradeceu o reconhecimento da PGE-AM pelo tempo de carreira.

“Em primeiro lugar, com muita humildade e muita gratidão. Gratidão especial ao povo do Amazonas que me deu três oportunidades, através dos governadores do Estado, de exercer a função de procurador-geral, carreira da qual eu fiz parte por 34 anos da minha vida. E hoje me encontro aposentado, mas muito feliz de estar aqui nesses 50 anos da PGE”.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS