Pelé é homenageado por cartunistas com exposição virtual

No site, há desenhos retratando Pelé beijando a bola ou no céu
Facebook
Twitter
WhatsApp
Cartunistas de todo o país homenageiam Rei Pelé com exposição virtual

Uma exposição virtual de trabalhos feitos por artistas brasileiros presta homenagem ao ex-jogador Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, morto no último dia 29 de dezembro e considerado o maior nome do futebol mundial.

Chamada de Exposição Love – Homenagem ao Rei Pelé, a mostra já está disponível no site e reúne mais de 100 cartuns feitos por artistas como Maurício de Souza, Aroeira, Ziraldo, Laerte e Jal, entre outros.

Uma das personalidades mais conhecidas, reverenciadas e retratadas no mundo, Pelé reconhecia a proximidade entre o que desempenhava em campo com o mundo da arte.

“Um dia, já profissional e com um nome no Santos, ouvi um locutor dizer no rádio que eu desenhava bem as jogadas, os dribles e, principalmente, os gols. Então, de certa forma, cheguei à conclusão de que também sei desenhar. Só que com os pés. Isso só demonstra que as artes do futebol e do traço estão próximas. E que as caricaturas e charges que aparecem na imprensa, antes e depois dos jogos, são parte do espetáculo do futebol. Sem elas, ficaria tudo muito menos alegre e emocionante”, escreveu Pelé na abertura do livro Gol de Bico – Brasil nas Copas, de Jal e Gualberto Costa.

Dribles e socos no ar
Nos trabalhos apresentados no site, Pelé é retratado como rei ou dando os seus conhecidos dribles e socos no ar [que era a maneira como o jogador sempre comemorava um gol].

Há também desenhos que o retratam beijando a bola ou no céu, acompanhado por mensagens de agradecimento pelo que ele fez nos campos de futebol. “O Edson se foi, mas o Pelé é eterno”, ilustra um dos cartuns em homenagem ao ex-jogador.

A mostra em homenagem a Pelé continua recebendo trabalhos e não tem data para ser encerrada. “A história do futebol passa pelas mãos desses cartunistas, e Pelé é um dos mais homenageados pelos artistas nesse esporte que é paixão dos brasileiros”, disse o curador da mostra, o cartunista José Alberto Lovetro, o Jal.

O mineiro Edson Arantes do Nascimento morreu no dia 29 de dezembro de 2022, em São Paulo, em decorrência da falência de múltiplos órgãos, resultado da progressão do câncer de cólon.

Por Agencia Brasil

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS