Maratona Internacional de Manaus reúne mais de 5 mil corredores e celebra qualidade de vida

Facebook
Twitter
WhatsApp
Texto e fotos – Divulgação / FME

Cercado de muita expectativa, o segundo e principal dia da Maratona Internacional de Manaus reuniu mais de cinco mil participantes no complexo turístico Ponta Negra, zona Oeste, na manhã deste domingo, 23/10, véspera do aniversário de 353 anos da capital amazonense. A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Manaus Esporte (FME), em apoio à organizadora To Goal Sports, acompanhou a programação do evento especial.

A largada foi dada por volta das 4h, onde foram realizados três percursos: a prova principal e mais desafiadora, de 42 quilômetros; a meia-maratona, de 21 quilômetros; e a prova de 10 quilômetros. Grande entusiasta e incentivador da prática esportiva em prol da qualidade de vida, o prefeito David Almeida, como bom atleta, participou da maratona e destacou o empenho do Executivo municipal com a pauta.

“Manaus merecia um evento como esse. A cidade sofreu muito no ano passado e nós estamos virando a chave na história. Eu quero Manaus respirando esporte, a melhor cidade em saúde básica é a nossa, eu quero que tenhamos os melhores serviços. Esse evento vem consolidar todo o investimento que a prefeitura tem feito em esporte, a cada um real que você investe em esporte, economiza um real em saúde. Vamos colocar mais recursos. A gente prega a qualidade de vida pela transversalidade: praticar esporte para ter saúde”, destacou Almeida.

O diretor-presidente da Fundação Manaus Esporte (FME), Aurilex Moreira, destaca o trabalho desenvolvido para a expansão de núcleos e conscientização da população, com o apoio do Executivo para praticar esportes e ter uma trajetória cada vez mais ativa.

“Uma organização sensacional, com a participação dos atletas, todos corresponderam às expectativas. A prefeitura, com toda a sua estrutura e expertise na parte do esporte também, junto com as empresas, fez esse trabalho maravilhoso. Um evento desse porte, definitivamente, entra no radar e no circuito das grandes maratonas do Brasil. Manaus é uma cidade que tem estrutura a oferecer. Não teremos a maratona mais rápida do mundo, a mais tranquila para correr, mas é a mais desafiante”, pontuou Moreira.

Foram longos meses de planejamento e preparação, não só dos maratonistas, mas também da organização do evento, que ficou a cargo da To Goal Sports. Para o coordenador James Jr., a sensação é de dever cumprido.

“A nossa meta era ofertar uma experiência diferenciada, onde o atleta se sinta respeitado e empolgado para alcançar o objetivo, seja ele pessoal, ou de vitória, como foi dos campeões. Sucesso total, movimentamos o Brasil inteiro. Uma data histórica, para o esporte e a saúde da nossa cidade”, comemorou Jr.

O percurso de 42 quilômetros

No maior desafio da competição, de cumprir os longos 42 quilômetros de corrida em menos tempo, o grande campeão foi o pernambucano Jair José da Silva, de Cabo de Santo Agostinho (PE). Estreante em Manaus, o atleta de 44 anos faturou os R$ 18 mil de premiação e rasgou elogios à estrutura e logística da maratona.

“Satisfação imensa de vir a Manaus pela primeira vez e sair campeão dessa magnífica maratona. Eu estou feliz demais pelo trabalho e resultado, treinei muito para essa prova e deu certo. Manaus está de parabéns por esse evento, muito bonito, sinalizado, bastante gente correndo, parabéns a todos. Não deixou nada a desejar, hidratação, sem erro de percurso, gostaria de parabenizar o prefeito também, à equipe, que seja ainda melhor no ano que vem”, disse o corredor.

Entre as mulheres, quem levou a melhor foi Deny Alemayehu Weltej, da Etiópia. Em seguida, veio a atleta Mary Emannuelle, 35, que ficou na segunda colocação, a primeira entre as brasileiras. Residente em Campina Grande, na Paraíba, ela revelou que a estratégia traçada e colocada em prática, deu certo.

“Primeiramente quero agradecer a Deus. Foi difícil. Todo percurso de 42 quilômetros chega a ser complicado, mas nós nordestinos somos de cidades muito quentes, de muito sobe e desce, então estava acostumada a treinar nessas condições. Não senti tanto, tracei minha estratégia, na reta final consegui chegar na segunda colocação geral, sendo a brasileira melhor colocada. Achei a iniciativa muito interessante, a organização inteira está de parabéns, quanto mais provas importantes tivermos, melhor é para nós atletas e para o esporte”, declarou Mary.

Linha de chegada

Além dos maratonistas que quebram recordes e buscam incessantemente os primeiros lugares em menor tempo, boa parte dos competidores da Maratona Internacional de Manaus foi de participantes comuns, que traçam objetivos de acordo com suas limitações e aspirações pessoais. A empresária Nayara Marinho foi uma das debutantes na corrida e não escondeu a emoção de cruzar a linha de chegada.

“A emoção é muito grande. Uma corrida nos ensina muito sobre inteligência emocional, nosso corpo, nossas dores, como superar o desafio. É muito emocionante descer o último quilômetro para a linha de chegada, achei um privilégio participar, estou muito feliz. Vou incentivar minha equipe a participar de mais corridas, pela qualidade de vida e a vontade de superar desafios. Muito legal ver um público diversificado, pessoas de outras cidades, atletas e não atletas. A festa foi muito linda, Manaus merece”, elogiou Nayara.

Vencedores da corrida de 42 quilômetros (masculino):

1º – Jair José Silva – 02:32:50 (Equipe Bingocorrida)

2º – Renilson Vitorino da Silva – 02:33:08 (Equipe Reveza Racing)

3º – Raimundo Nonato Pereira da Silva – 02:33:57 (Equipe Ultra Esportes)

4º – João Marcos Santos Ferreira – 02:34:38 (Equipe Prefeitura de São Cristóvão MultSport)

5º – Juarez Rosa Silva – 02:35:48 (Equipe Sol Piscina)

 

Vencedoras da corrida de 42 quilômetros (feminino):

1º – Yadeny Alemayehu Weltej – 03:00:20 (Equipe Nova Flor Atletismo)

2º – Mary Emanuela da Costa Oliveira – 03:02:36 (Equipe Petrolina – Marciano Barros)

3º – Franciane dos Santos Moura – 03:02:55 (Equipe Prefeitura de Manaus)

4º – Mirian Franco da Silva – 03:09:50 (Equipe Bingocorrida)

5º – Jaciane Araujo – 03:18:18 (Equipe Coyote Run Bergamini Nike)

Vencedores da corrida de 21 quilômetros (masculino):

1º – Johnatas de Oliveira Cruz – 01:07:51 (Equipe AEC Kaueasics Brasil)

2º – Samuel Souza do Nascimento – 01:09:05 (Equipe Luasa Sports)

3º – Edmilson dos Reis Santana – 01:09:08 (Equipe Edmilson Massoterapia)

4º – Gustavo Barros de Souza – 01:10:54 (Equipe Daniel Chaves)

5º – Jonailton Franca da Cruz – 01:11:33 (Equipe Franca)

Vencedoras da corrida de 21 quilômetros (feminino):

1º – Rejane Ester Bispo da Silva – 01:23:02 (Equipe Elite Runners)

2º – Jéssica Ladeira Soares – 01:23:09 (Equipe Olympikus)

3º – Márcia da Silva Magalhães – 01:24:03 (Equipe Run Body Athletics)

4º – Roselvys Del Valle Moreno Rojas – 01:26:50 (Equipe Traca Runners)

5º – Rebeca Rodrigues Costa – 01:30:42 (Equipe Marcelo Afonso)

Vencedores da corrida de 10 quilômetros (masculino):

1º – Gleison da Silva Santos – 00:33:13 (Equipe Bingocorrida)

2º – Wenderson Auzier – 00:34:17 (Equipe Assessoria Mario Runners)

3º – Elielde da Costa Feitoza – 00:34:29 (Equipe Da Costa)

4º – Luis Moura Camelo – 00:34:54 (Equipe Curicas Runners)

5º – Dionisio Cosme Cardoso – 00:35:09 (Equipe Sergio Sports)

Vencedoras da corrida de 10 quilômetros (feminino):

1º – Anastácia Rocha Pereira – 00:38:30 (Equipe App Petrolin)

2º – Rosem Mayara Vieira da Silva – 00:40:38 (Equipe Bingocorrida)

3º – Juliana Gusmão Rodrigues – 00:40:45 (Equipe Pitrunners)

4º – Odevânia da Silva Santos – 00:43:08 (Equipe Aranha Runners)

5º – Paola Sprea Carrijo – 00:43:49 (Equipe RF Triathlon)

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS