Idam vai auxiliar cooperativa do município de Anamã na construção de Agroindústria de Beneficiamento

Facebook
Twitter
WhatsApp
Fotos: Ivy Marcelle/Idam

O Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Amazonas (Idam) recebeu nesta sexta-feira (13/01), os representantes da Cooperativa de Produtores Extrativistas do Médio Solimões (Coopems), do município de Anamã (167 km de Manaus), para um acordo de trabalho direcionado para a agroindústria de beneficiamento, a ser criada no primeiro semestre de 2023, com a finalidade de otimizar a produção de polpas para o mercado local e nacional, e em médio prazo, para a exportação de produtos como açaí, cupuaçu, goiaba, manga, castanha do Brasil, entre outras, além do pescado.

A reunião foi entre o diretor técnico do Idam, Radson Alves, e a comitiva da Capems conduzida pelo seu presidente Edilson Fernandes (Pacamon). Na pauta do encontro foi discutida a necessidade do atendimento à Capems, já que individualmente todos os produtores cooperados já são atendidos pela Unidade Local (UnLoc) do Idam, em Anamã.

“Temos uma gama de profissionais que irão auxiliar a Capems, desde a questão documental até a construção dos projetos necessários para o funcionamento dessa agroindústria. É determinação do governador Wilson Lima dar prioridade às iniciativas de desenvolvimento do Setor Primário”, explica Radson.

O representante da cooperativa enfatizou a necessidade de investimentos como esse, nas cidades do interior, para a geração de riqueza em locais mais distantes da capital.

“Além de produtores, estamos de forma coletiva, visando algo maior, que é a exportação dos nossos produtos. Nós precisamos de profissionais que nos ajudem a tornar esse sonho uma realidade e o local certo é o Idam, que já nos dá todas as orientações em nossas propriedades”, justifica Pacamon. “É um momento de transição de nós cooperados da Coopems de Anamã para uma situação melhor, e estamos agindo com empreendedorismo e profissionalismo”, enfatiza Edilson.

De acordo com o gerente do Idam em Anamã, George Grijó, a produção agrícola dos cooperados da Coopems garante a possibilidade para esse novo passo, que gerará riqueza e qualidade de vida no município, e até na região.

“Estamos no dia a dia com os produtores e sabemos de todo esforço das famílias. Acreditamos em todo o trabalho que já foi feito por eles, enquanto produtores, e estamos juntos na elaboração dos projetos para essa nova fase. Com uma agroindústria de beneficiamento, não apenas os agricultores anamãenses serão beneficiados, mas toda a sociedade local”, finalizou Grijó.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS