Governo do Amazonas assina ordem de serviço para a construção de mais um residencial do Prosamin+

Facebook
Twitter
WhatsApp
FOTOS: Tiago Corrêa/UGPE

A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) do Governo do Amazonas assinou, na quinta-feira (15/12), a ordem de serviço para a construção de mais um residencial do novo Programa Social e Ambiental de Manaus e Interior (Prosamin+). A quadra habitacional, com 72 apartamentos, será erguida na avenida Lourenço da Silva Braga, na Cachoeirinha, zona sul, para famílias que serão reassentadas de áreas de risco de alagação, das Comunidades da Sharp e Manaus 2000.

“Antes, construíam conjuntos habitacionais em locais distantes. As famílias ficavam sem acesso ou tinham dificuldade para acessar serviços básicos. No nosso governo, os conjuntos são construídos pensando nessa necessidade, onde as famílias têm acesso ao transporte coletivo, supermercado e outros serviços importantes para a população. Até 2026, vamos entregar 10 mil soluções de moradias, apartamentos ou indenizações”, afirmou o governador Wilson Lima.

FOTOS: Tiago Corrêa/UGPE

De acordo com o coordenador executivo da UGPE, Marcellus Campêlo, este será o segundo habitacional do novo Prosamin+ a entrar em obra. O primeiro, com 32 apartamentos, já está bem adiantado, na avenida General Rodrigo Otávio, no Japiim, zona sul.

“O governador Wilson Lima autorizou que, nesse novo Prosamin, a UGPE pudesse dar andamento à construção de apartamentos fora das áreas de intervenção do programa. Dessa forma, a gente consegue agilizar o processo de reassentamento das famílias, que aguardam há décadas para saírem das áreas de risco de alagação na comunidade da Sharp e na Manaus 2000”, destacou Campêlo.

O residencial está sendo construído em uma área remanescente do Prosamin II, na Cachoeirinha. É um terreno, conforme explicou Marcellus Campêlo, que está consolidado, pois já passou por intervenção do programa e já foi desapropriado. “Além disso, não necessita de grandes movimentações de terra, criação de solo ou terraplanagem, o que reduz custo e torna o processo de construção bem mais rápido que os habitacionais que vamos erguer nas áreas onde o programa novo vai fazer intervenção”, afirmou.

A obra será realizada em uma área de aproximadamente 7,3 mil metros quadrados, no trecho entre as avenidas Maués e Marques da Silveira. No local será construída uma quadra habitacional de nove blocos, com áreas sociais, como playground e estacionamento.

“Os apartamentos terão 50,65 metros quadrados de área privativa, muito maiores que a média dos construídos em outros programas. Terão dois quartos, um banheiro social com acessibilidade, cozinha, sala de estar e jantar integradas, área de serviço e varanda”, ressaltou o subcoordenador de Engenharia da UGPE, João Benaion. O prazo de conclusão da obra é de 210 dias, a contar da ordem de serviço, conforme destacou.

FOTOS: Tiago Corrêa/UGPE

Inovações

Os residenciais do novo Prosamin+ terão nova tipologia, mais integrada à arquitetura da cidade e outra série de inovações em relação aos programas realizados em gestões passadas. É o que afirma o gerente de projetos da UGPE, o arquiteto e urbanista Cristiano Almeida.

“Uma delas é a reutilização da água da chuva e iluminação em LED dos apartamentos. Todos os apartamentos possuem uma vaga de garagem, que não tinha antes, e terão instalações para ar-condicionado split, evitando furos na parede. Também houve um cuidado especial com o conforto térmico e acústico, com a projeção de ambiente arejado, com boa iluminação e boa ventilação”, explicou.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS