Fundo de Promoção Social repassa R$ 786 mil em fomentos para o setor primário de Manicoré

Veículos, equipamentos e materiais permanentes contemplaram quatro associações, alcançando 170 famílias
Facebook
Twitter
WhatsApp
FOTOS: Breno Brandão

O Governo do Estado, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), repassou na quarta-feira (24/05), R$ 782 mil em veículos, equipamentos e materiais permanentes para quatro associações do setor primário do município de Manicoré (a 332 quilômetros de Manaus).

O fomento, oriundo do edital nº 00/2021, proporcionará maior produtividade por meio da mecanização, reduzindo a carga horária do trabalhador no campo, além de facilitar o escoamento da produção agrícola. A ação contemplou mais de 170 famílias de associados, reforçando o compromisso do Estado com a agricultura familiar.

“Essa é a forma que o Governo do Estado encontra de ajudar na produção dessas pessoas, dessas comunidades, que são distantes, são em área de várzea. É uma realização poder proporcionar essas melhorias e acompanhar in loco o trabalho dessas pessoas”, frisou a secretária executiva adjunta do FPS, Gláucia Oliveira.

Para a Associação de Moradores e Agricultores da Comunidade de Água-azul, o investimento foi de R$ 198 mil. O local, contemplado pela primeira vez em edital, recebeu dois microtratores, duas carretas agrícolas, quatro roçadeiras laterais, além de nove fornos para torrar farinha, fortalecendo a cadeia produtiva da mandioca, carro-chefe da associação.

Com investimentos que somam mais de R$ 197 mil, a Associação de Produtores Familiares Agroextrativistas da Comunidade de Estirão foi contemplada com uma grade aradora, uma plaina frontal, dez roçadeiras, entre outros materiais permanentes.

O presidente da associação Crístian Uchôa destacou a importância do olhar sensível do Governo do Estado com as comunidades da várzea, geralmente esquecidas pelo poder público.

“Quando a gente vê um investimento desse nível aqui na comunidade, isso só nos trás felicidade e a esperança que não estamos mais esquecidos. Isso aqui garante nossos direitos, proporciona renda, é melhoria na qualidade de vida”, comemorou.

Já a Associação de Moradores e Agroextrativistas da Comunidade de Monte Santo recebeu mais de R$ 197 mil divididos na aquisição de 25 roçadeiras, 25 motores 5HP, 25 fornos para torrar farinha e uma grade aradora.

Para Associação de Moradores e Agricultores da Comunidade de Urucury-amacury, o FPS entregou um triciclo, duas canoas de alumínio, três máquinas roçadeiras, entre outros equipamentos permanentes. O fomento foi de R$ 199 mil.

De acordo com a presidente da entidade, Jhuacelly Veiga, os implementos são sinônimos de modernização e qualidade de vida.

“O edital do FPS permite que os nossos produtores larguem os terçados, deixem de lado o trabalho manual que é muito cansativo. Essa mecanização é qualidade de vida, melhora a vida dos nossos associados. Nós só temos que dizer: muito obrigado!”, destacou.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS