Crianças do Mutirão aprendem lições de empreendedorismo na Colônia de Férias do Teonízia Lobo

Facebook
Twitter
WhatsApp
FOTOS: Jimmy Christian/Seas

Incentivar o espírito empreendedor nas crianças a partir de cinco anos, foi o tema da ‘Oficina com Miçangas’, nesta terça feira (17/01), como parte da programação na Colônia de Férias realizada no Centro Estadual de Convivência da Família Teonizia Lobo, bairro Mutirão, zona norte, administrado pela Secretaria de Estado de Assistência Social (Seas).

 

Paralelamente, crianças, jovens e adultos começaram a se aventurar pelo mundo das manobras de skate, enquanto os idosos tiveram atividades de karaokê e pilates.

 

A pequena Gabrielly Raquel Fidelis Pereira, 5 anos, e a irmã Emilly Victoria Fidelis Pereira, 12, envolveram-se na arte de fazer pulseiras e colares de miçangas. Até a mãe das menores participou da atividade, dando dicas para as filhas na confecção das peças.

 

“Está sendo prazeroso poder participar da oficina com elas, que estão tendo a oportunidade de aprender diversas atividades no Centro, neste período de férias escolares”, mencionou Suellem Raquel Fidelis.

 

Em meio aos ensinamentos sobre como utilizar as miçangas, de cores variadas, para fazer as peças de artesanato, a professora do programa Mais Vida, Anna Paola Amazonas, também vai dando dicas para as crianças e jovens sobre empreendedorismo.

 

“As crianças estão sendo informadas sobre a importância de fazer bem feito seus produtos e começar a vender para os coleguinhas da escola, na vizinhança, e com isso passar a ter um espírito de liderança e quem sabe ter uma renda extra para ajudar os pais”, disse.

 

Ao ouvir a declaração da professora, a pequena Gabrielly Raquel disse que vai oferecer as pulseirinhas que fez para as coleguinhas da escola e as que moram próximo da sua casa. “Vou vender bem baratinho (R$1,00, R$2,00 e R$ 3,00) para ninguém ficar me devendo”, avisou.

 

FOTOS: Jimmy Christian/Seas

Corpo e mente

 

A criançada está aproveitando o período de férias escolares para aprender ainda mais sobre as manobras do skate, cuja atividade é boa para o corpo e a mente. A Escolinha de Skate, administrada pelo programa Mais Vida, no Teonízia Lobo, atende crianças a partir dos 5 anos, adultos e idosos, das 8h às 10h, de segunda a sexta-feira. O professor Ney Maciel ensina os fundamentos básicos do skate, desde manobras, equilíbrio, como se manter sobre a prancha sem cair, chegando a saltos, etc.

 

Segundo Ney Maciel, são atendidas crianças de formas variadas, entre as quais, com problemas de ordem neurológica, como autismo, paralisia cerebral e com perda da coordenação motora. “Trabalhamos com todas as formas de equilíbrio, noções de espaço, coordenação motora”, disse, ressaltando que o objetivo da escolinha é a socialização da comunidade.

FOTOS: Jimmy Christian/Seas

Sarah Victória Castro Lima, 8, iniciou as aulas de skate em outubro do ano passado e já aprendeu a ter equilíbrio e descer a rampa sem cair. Por sua vez, Guilherme Silva de Almeida, 10, que iniciou em julho, também desce a rampa com bastante desenvoltura. Anderson Silva de Oliveira, 12, está há três meses na escolinha e pretende se especializar no aprendizado de todas as manobras do skate.

 

Por sua vez, as idosas preferem fazer suas proezas nas aulas de pilates, onde se movimentam com bastante intensidade. “Até melhorei das dores na costa”, admitiu a aposentada Maria do Perpetuo Socorro Ribeiro, 67. Maria de Lourdes Menezes, 69, também tem procurado os exercícios físicos para melhorar a postura e das dores nos joelhos.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS