Conselho Municipal de Regulação conhece sistema inédito de esgotamento sanitário instalado em área de palafita

Facebook
Twitter
WhatsApp

Membros do Conselho Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (CMR) conheceram na tarde desta quinta-feira, 12/1, o primeiro sistema de esgotamento sanitário implantado em área de palafita. A estrutura está instalada no beco Nonato, localizado no bairro Cachoeirinha, zona Sul de Manaus.

A iniciativa tem beneficiado mais de 900 moradores que passaram a interligar suas instalações sanitárias em uma rede com tubulação presa nas passarelas, apoiada em blocos de concreto. A coleta é feita por meio de gravidade. Os resíduos são transportados para uma Estação Elevatória de Esgoto instalada na rua Codajás e que conduz os resíduos até a Estação de Tratamento de Esgoto do Educandos.

A obra foi realizada pela concessionária Águas de Manaus ainda em 2022 e é um projeto inédito no âmbito do saneamento básico e da engenharia.

Durante a visita, os conselheiros conversaram com os moradores, tiveram a oportunidade de conhecer o funcionamento do sistema e como a iniciativa melhorou a qualidade de vida das famílias do beco Nonato.

“A primeira coisa que percebemos foi a redução significativa do mau cheiro. No começo, quando um morador não concordava com o serviço, mas ao ver que em outras áreas a obra estava acabando com o fedor, ele rapidamente autorizava a interligação do vaso sanitário da casa dele com a nova rede de esgoto construída pela concessionária dentro do beco. Até os casos de diarreia e dor de barriga diminuíram entre os moradores, principalmente com as crianças”, disse Gisele Dantas, moradora do beco Nonato há mais de 40 anos.

Além da implantação do serviço de esgotamento sanitário, a concessionária também promoveu melhorias no abastecimento de água, instalando rede aéreas como forma de garantir a qualidade da água distribuída aos imóveis e fez intervenções urbanísticas como manutenção e pintura das passarelas de madeira.

O presidente do Conselho e diretor-presidente da Agência Reguladora dos Serviços Públicos Delegados do Município de Manaus (Ageman), Elson Andrade Ferreira Júnior, lembrou que todo o trabalho realizado foi acompanhado pelo órgão regulador e que a iniciativa contribui para que o modelo seja implementado em outras localidades semelhantes, ampliando o cenário de cobertura do serviço de esgotamento sanitário na cidade de Manaus.

A vistoria no beco Nonato contou com a presença dos representantes da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-AM), Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Casa Civil da Prefeitura de Manaus, Central Única das Comunidades (CUC), Câmara Municipal de Manaus (CMM) e Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf), além da diretoria da Águas de Manaus e demais colaboradores da concessionária que atuaram diretamente na implementação do sistema.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS