Codam aprova investimento de R$ 1,2 bilhão e geração de 1.086 novos postos de trabalho no Amazonas

Facebook
Twitter
WhatsApp
Foto: Antonio Lima/Secom

A 299ª reunião ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), aprovou projetos que somam investimento de R$ 1,2 bilhão, com a projeção de 1.086 novos postos de trabalho, além de outros 286 que serão remanejados dentro da própria indústria.

A última reunião do ano, realizada nesta sexta-feira (16/12), na sede do Governo do Amazonas, foi presidida pelo titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (Sedecti), Angelus Figueira, e reuniu conselheiros, convidados e imprensa.

No total, foram submetidos 53 projetos industriais, dos quais 20 de implantação (novos projetos), 28 de diversificação (novas linhas de produção) e cinco de atualização (aqueles projetos que representam alterações e/ou ajustes de melhorias em seus processos industriais).

“Esta reunião é um marco, que deixa um registro muito forte da eficiência do Governo do Estado na captação de empresas que vão gerar emprego e renda para os amazonenses”, avalia o secretário.

Na ocasião, Figueira reforçou o trabalho que o Governo do Estado está fazendo para diversificar a matriz econômica do Amazonas.

Ele reafirmou junto aos conselheiros do Codam que, por orientação do governador Wilson Lima, a Sedecti, ao longo dos últimos oito meses, vem discutindo com diversos atores da economia, a elaboração de um Plano de Desenvolvimento Econômico do Estado, a curto, médio e longo prazos.

“Estamos nesta construção. Iniciamos com o Fórum de Desenvolvimento Sustentável. Fizemos inúmeras reuniões ouvindo, coletando opiniões, informações, de todos os setores da sociedade, universidades, especialistas, além dos profissionais da Sedecti, a quem eu agradeço, em nome do secretário Valdenor Cardoso. O governo trabalha com novos vetores para fortalecer a matriz econômica do estado”, evidenciou.

O secretário executivo de Desenvolvimento Econômico da Sedecti, Jhones Lima, destacou o resultado consolidado de todas as reuniões do Codam de 2022.

“Os números são muito relevantes. Foram seis reuniões, 207 empresas participantes, 254 projetos apreciados, sendo 107 de implantação, 126 de diversificação e 21 de atualização. A previsão de geração de 8.159 novos postos de trabalho e um investimento total previsto de R$ 8,3 bilhões”, informou Lima.

O executivo esclareceu que, após aprovados os projetos nas reuniões do Codam, as empresas têm prazo de até três anos para implantá-los, de acordo com a legislação vigente.

Destaques

Entre os destaques da pauta está o projeto da Denso Industrial da Amazônia Ltda., que projetou um investimento de R$ 476 milhões para a produção de uma Unidade de Controle de Injeção Eletrônica. O dispositivo é utilizado em veículos, de duas e quatro rodas, que gerencia a quantidade de combustível injetado no momento da explosão na câmara de combustão do motor.

Outro destaque foi a Samsung Eletrônica da Amazônia Ltda., com projeto para produção de Televisor em Cores com tela de Luminescência Orgânica (OLED) e investimento de R$ 117 milhões. Juntas, as empresas representam 47,12% do total de investimento anunciado nesta edição do Codam.

Participantes

Estiveram presentes na 299ª reunião ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), o secretário municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), Radyr Júnior; o auditor-fiscal da Secretaria da Fazenda do Estado do Amazonas (Sefaz), William Cunha; o superintendente-adjunto substituto de Projetos da Suframa, Marcelo Pereira; o vice-presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Nelson Azevedo; o assessor de gabinete da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror), Sebastião Guerreiro; o diretor-presidente da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), Marcos Vinícius Castro; o presidente da Associação das Indústrias e Empresas de Serviços do Polo Industrial do Amazonas (Aficam), Roberto Moreno; o presidente da Federação do Comércio do Estado do Amazonas (Fecomércio), Aderson Frota; o presidente da Associação Comercial do Estado do Amazonas (ACA), Jorge Lima; e o presidente da Federação dos Trabalhadores das Indústrias do Estado do Amazonas (FTIEAM), Ricardo Miranda.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS