Alunos que perderam prazos podem fazer matrícula e transferência desde ontem (24/01)

Facebook
Twitter
WhatsApp
FOTOS: Euzivaldo Queiroz/ Secretaria de Estado de Educação e Desporto

Desde ontem terça-feira (24/01), alunos, pais ou responsáveis que perderam o prazo das matrículas e/ou transferências na rede pública estadual de ensino poderão realizar a reserva da vaga, ou mudança de unidade escolar. O processo pode ser feito on-line, ou presencialmente nas escolas. O atendimento aos estudantes retardatários será contínuo para todas as modalidades de ensino, de acordo com a disponibilidade de vagas nas unidades escolares.

 

No formato on-line, as reservas deverão ser feitas pelo portal https://matriculas.am.gov.br. Após esse procedimento, os alunos, pais ou responsáveis, têm que comparecer, obrigatoriamente, na escola no período de três dias. Atualmente, a Secretaria de Estado da Educação e Desporto possui 27.709 designações, que são matrículas em aberto, ou seja, quando os responsáveis fizeram a reserva de vagas, mas ainda não concluíram o processo de matrícula com a entrega dos documentos na unidade de ensino escolhida.

 

“Lembramos que todas as vagas que não foram preenchidas estarão disponíveis no sistema para que os alunos possam, no primeiro momento, fazer a reserva de vaga. Após isso, eles têm até três dias úteis para comparecer à escola onde reservou a vaga e confirmar, de forma presencial, mediante a apresentação de todos os documentos”, explicou a gerente de matrículas da Secretaria de Estado de Educação e Desporto, Irlanda Araújo.

 

Calendário

Com a abertura do prazo para os retardatários, a secretaria de educação dá continuidade ao Calendário de Matrículas iniciado em dezembro de 2022, com a rematrícula automática dos alunos. Até o presente momento, 360.398 alunos já estão matriculados, em todas as modalidades de ensino.

Novos Alunos

No período de 20 a 23/02, 39.432 novos alunos garantiram sua reserva de vagas por meio do portal de matrículas em unidades de ensino da rede estadual. As vagas também precisam ser validadas presencialmente nas escolas, com a entrega da documentação obrigatória. Este ano, as aulas na rede pública estadual de ensino iniciarão dia 06/02, na capital, e 07/02, no interior.

 

Matrículas não validadas

Quando expirado o prazo de três dias úteis para confirmação de reserva da vaga com a apresentação dos documentos na unidade de ensino escolhida, esta é cancelada automaticamente via Sistema Integrado de Gestão Escolar do Amazonas (Sigeam). A gerente de Matrículas, Irlanda Araújo, reforça aos pais, responsáveis ou alunos maiores de 18 anos que observem esse prazo, sob pena de perda da vaga.

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS