Wilson Lima vistoria obra de construção do primeiro Hospital Público Veterinário do Amazonas

Unidade ofertará atendimento gratuito e obras já estão 24% concluídas

O governador do Amazonas, Wilson Lima, vistoriou as obras de construção do primeiro Hospital Público Veterinário do Estado, nesta sexta-feira (17/05), ponto facultativo para o funcionalismo público estadual. Iniciada no mês de abril, a obra está 24% executada. O atendimento na unidade será gratuito e o projeto de construção é executado pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana (Seminf).

“Nós temos uma preocupação com aquelas pessoas que não têm condições de pagar pelo atendimento nas clínicas particulares. E muitos problemas serão evitados no sentido de garantir a saúde e sanidade animal com essa estrutura que nós estamos construindo aqui. Eu estou acompanhando de perto porque é uma prioridade do nosso governo”, destacou Wilson Lima.

O projeto, pioneiro no Amazonas, tem o objetivo de fornecer serviços gratuitos de consultas, cirurgias de castração, exames laboratoriais e internações, dentre outros, sendo uma opção de atendimento aos animais cujos donos não possuem condições financeiras para custear o tratamento de saúde em clínicas particulares.

Além disso, o Hospital Veterinário irá contribuir com a promoção de feiras de adoção responsável, visando controlar e prevenir o crescimento da população de animais de rua, combatendo ainda a proliferação de doenças.

Obra

O hospital está sendo construído na avenida Mário Ypiranga, no bairro do Parque Dez. A unidade terá dois pavimentos, além de um ambiente externo, que inclui construção de nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) e estacionamento com 278,54 m 2.

O primeiro pavimento terá 78 baias para internação; oito salas de consultório, incluindo sala de vacinação com capacidade de atendimento de 144 a 216 pacientes; centro cirúrgico com 11 macas; recepção e sala de espera para atendimento.

Haverá, ainda, área de triagem; e salas para farmácia; laboratório; ultrassom; pós-operatório; raio X; e de expurgo, para descarte de material infeccioso; além de salas de paramentação; de preparo de cirurgia; de urgência e emergência; e de necropsia. Já no segundo pavimento haverá auditório; salas de conforto médico e outras áreas para administração.

Related Articles

Check Also

Close
Close