Wilson Lima entrega Unidades de Cuidados Intermediários e insumos de saúde em Lábrea

O governador do Amazonas, Wilson Lima, entregou, nesta sexta-feira (29/05), três Unidades de Cuidados Intermediários (UCIs) para o município de Lábrea (a 702 quilômetros de Manaus). As unidades serão importantes para pacientes de média complexidade, que precisem de ventilação mecânica. Wilson Lima confirmou, ainda, a antecipação do pagamento da segunda parcela do Fundo de Fomento ao Turismo, Infraestrutura, Serviço e Interiorização do Desenvolvimento do Estado do Amazonas (FTI), com recursos da ordem de R$ 515 mil, que anteriormente só seriam repassados em julho.

Instaladas pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam), no Hospital Regional de Lábrea, as UCIs são compostas por respiradores, bombas de infusão e monitores multiparâmetros.

“São unidades intermediárias para atender os moradores aqui de Lábrea e também da região dos municípios que estão próximos. Felizmente nós não temos nenhum paciente internado aqui, por conta do Covid. A gente espera que assim continue, mas se houver a necessidade de quem mora aqui, ou de quem mora nos municípios de Tapauá ou Canutama virem para cá, nós estamos com essa estrutura preparada”, destacou Wilson Lima.

Acompanhado da secretária de saúde, Simone Papaiz; do secretário executivo de Atenção Especializada ao Interior, Cássio Roberto Espírito Santo; e do prefeito de Lábrea, Gean Barros; o governador também visitou a farmácia do hospital, que tem aproximadamente 70% de abastecimento. Por meio do Governo do Estado, foram entregues novos medicamentos, insumos, testes rápidos para Covid-19 e Equipamentos de Proteção Individual (EPIs).

“Nós, desde o início dessa pandemia, já enviamos para cá mais de 80 mil itens de EPIs, estamos mantendo a remessa também de medicamentos. Já fizemos um repasse, em março, de R$ 515 mil e vamos fazer agora um outro repasse para ajudar a prefeitura nesse processo de ampliação dessa rede de atendimento”, disse Wilson Lima, ao destacar o apoio do estado aos municípios do interior.

Nova ambulância – O governador Wilson Lima autorizou a compra de uma nova ambulância para o município. O veículo que atendia Lábrea até o ano passado foi perdido em um incêndio, e apenas uma ambulância de pequeno porte vinha realizando os atendimentos.

“Estamos comprometidos em enviar uma ambulância para fazer o atendimento. Isso não reflete só o atendimento no município, mas também para os municípios no entorno, com menor capacidade de operação. O município tem trabalhado muito ativamente, tanto no controle quanto na assistência. O Governo do Estado vem fazer essa parceria. Já estávamos, desde o início da pandemia, realizando todo esse suporte, mas o enfrentamento agora é voltado para o interior”, afirmou a secretária Simone Papaiz.

Foto: Michell Mello/Secom

Combate ao Covid-19 – Os leitos de UCI e equipamentos chegam para reforçar a estrutura de saúde de Lábrea, que tem obtido bons resultados no enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). De acordo com o último boletim epidemiológico da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), divulgado na quinta-feira (29/05), o município tem 48 casos confirmados e nenhum óbito.

“Isso só vem a contribuir com o combate ao coronavírus na região do Médio Purus. Parabéns ao governador, que está estruturando não só o município de Lábrea, outros sete polos que serão também atendidos. Isso é o compromisso do governo com o interior do nosso estado”, avaliou o prefeito Gean Barros.

Atualmente nenhum paciente está internado por Covid-19 e não houve casos graves que precisassem de remoção para a capital por meio de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) aérea. Lábrea tem população de 46 mil habitantes.

“Estamos acompanhando apenas 11 pacientes leves e assintomáticos, mas, se for necessário para o enfrentamento de casos graves ou de um surto maior na cidade, estamos preparados”, garantiu o secretário municipal de saúde, Dário Vicente.

Qualidade no atendimento – O secretário executivo adjunto de Atenção Especializada ao Interior da Susam, Cássio Roberto Espírito Santo, frisou que o Governo do Estado trabalha para qualificar as estruturas de saúde do interior.

“Lábrea é um município-polo da região do Purus. Com esse processo a gente vem trazendo mais qualidade de atendimento para a população, um serviço que praticamente não existia em alguns municípios. Os respiradores que estamos instalando aqui, se o paciente agravar, ele pode ser transportado junto com o respirador pela ambulância e aguardar a UTI aérea do estado na pista do aeroporto. Ganha no tempo da remoção e na qualidade”, pontuou.

Ele destaca, ainda, a importância de executar ações direcionadas ao interior do estado, num momento em que os municípios vêm apresentando alta na quantidade de casos confirmados de Covid-19, chegando a superar a capital, quando somados.

“Com o aumento do número de casos, a gente se preocupa e vem trabalhando diuturnamente para tentar ajudar os municípios. Porém, no interior, a gente tem uma letalidade muito menor, o que colabora para equilibrar a letalidade do estado. A letalidade no interior gira em torno de 3%, na capital em torno de 8%. Esse atendimento precoce dá qualidade de vida à população”, avaliou Cássio.

Medidas – Desde o início da pandemia, Lábrea adotou procedimentos restritivos e preventivos, para garantir a saúde da população e evitar a disseminação do coronavírus.

Quem chega pela BR-230 (rodovia Transamazônica), por embarcação ou pelo aeroporto passa pelo protocolo de triagem e recebe uma pulseira amarela, que indica que a pessoa mora em Lábrea e, se necessário, vai cumprir quarentena; ou pulseira vermelha, que identifica profissionais que prestam serviços essenciais.

O comércio essencial adotou medidas como a oferta de álcool em gel na entrada e saída dos clientes, além da entrega de máscaras. O município realizou ações de conscientização e orientação pra população.

Outras ações – O Governo do Amazonas tem garantido assistência para Lábrea também em outras áreas. Por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), foi entregue um caminhão para a Associação dos Produtores Agroextrativistas do Ramal do Km 26, no valor de R$ 198 mil, para ajudar no escoamento da produção.

Foto: Michell Mello/Secom

Os produtores da comunidade têm como principal cultura a mandioca, com foco na produção de farinha, além do cultivo de açaí, cupuaçu, abacaxi, banana e cana de açúcar, sendo as atividades que geram mais renda para esta localidade.

Já para a Associação dos Pescadores de Lábrea foram destinados equipamentos como aparelhos de ar condicionado, cadeiras, mesas, armários, computadores, impressoras, além de uma caminhonete. O valor total do investimento foi de R$ 189.220,00.

Infraestrutura – O Governo do Estado possui um convênio ativo para o município de Lábrea, executado por meio da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Região Metropolitana (Seinfra), com investimento de R$ 1.430.968,00.

O Convênio nº 46/2018 é referente à locação de equipamentos para recuperação de vicinal no ramal do Tauaruá.

Close