Wilson Lima e David Almeida autorizam início da reforma da Feira da Compensa, do Quarentão e Minishopping

Três espaços ficam em uma das zonas comerciais mais movimentadas da capital amazonense

Responsáveis pela geração direta de mais de mil empregos, em Manaus, as feiras Modelo da Compensa, do Quarentão e o Minishopping, localizadas no bairro da Compensa, vão entrar em reforma depois de mais de 30 anos sem receber benfeitorias. A ordem de serviço para o início das obras foi assinada, nesta sexta-feira (24/06), pelo governador do Amazonas, Wilson Lima, e pelo prefeito de Manaus, David Almeida.

“Hoje é mais um dia em que a gente dá ordem de serviço de um espaço muito importante, que são as feiras. Isso é compromisso com a cidade de Manaus e com o povo do Amazonas. Esse é um trabalho que se consegue ver nas ruas e em cada canto que a gente anda”, ressaltou o governador.

FOTOS: Roberto Carlos/Secom

Os complexos de vendas ajudam a atrair clientes para uma das zonas comerciais mais tradicionais e movimentadas da capital amazonense. De acordo com o levantamento da Prefeitura de Manaus, os três locais geram 1.020 empregos diretos e cerca de 30 mil empregos indiretos. Apesar da importância para a economia local, os espaços estavam esquecidos, o que acabava afugentando os consumidores.

A Feira da Compensa, que fica no ponto de maior efervescência comercial do bairro, não tinha melhorias há, pelo menos, três décadas. Já o Minishopping, logo em frente, vai ser reformado depois de vinte anos. A alguns metros, a Feira do Quarentão vai ser revitalizada, pela primeira vez, desde a sua criação, em 1997.

“Eu acredito que a reforma vai ser muito boa para todos nós. Infelizmente, quando chove, molha tudo e, para os clientes e para a gente, não é tão bom, mas eu tenho certeza que agora vai melhorar para todos nós aqui. Em nome de todos os feirantes, agradeço o governador e o prefeito”, disse a feirante da Feira Modelo da Compensa, Neia Gomes, de 35 anos.

Lançado pelo governador, o programa de revitalização das feiras de Manaus engloba 32 feiras e mercados. São espaços comerciais importantes para a economia dos bairros, mas que não estavam recebendo atenção adequada do poder público. Para mudar esse cenário, R$ 25 milhões foram reservados pelo governo estadual, com previsão de trabalhos em parceria entre a Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE) e a Secretaria Municipal de Agricultura, Abastecimento, Centro e Comércio Informal (Semacc).

De acordo com o coordenador executivo da UGPE, engenheiro civil Marcellus Campêlo, os recursos que cabem ao Estado nos convênios já foram repassados para a Prefeitura, que começou a trabalhar nas reformas de outros cinco espaços.

FOTOS: Roberto Carlos/Secom

Conheça um pouco mais sobre os espaços

Feira Modelo da Compensa: é uma das maiores da zona oeste de Manaus. Surgiu na década de 1980 e foi reformada apenas uma vez, em 1993. Possui área de 3.312,73m², 122 boxes e 58 bancas. Atende 180 permissionários, gerando cerca de 540 empregos diretos e 16.000 indiretos. Está localizada na avenida São Pedro, bairro Compensa. É a maior do bairro.

No local, serão reformados parte elétrica, cobertura, pisos, além de aplicação de pintura geral. A Feira Modelo da Compensa receberá um novo sistema de drenagem. O valor total da obra está orçado em R$ 1,9 milhão.

Núcleo de Apoio ao Cidadão (NAC): conhecido como Minishopping, o NAC foi construído em 1994. No local são comercializados produtos de confecções, bijuterias, armarinho, estivas, óculos, entre outros. A última reforma foi há mais de 20 anos.

O NAC atende 83 permissionários, gerando cerca de 243 empregos diretos e 7.200 indiretos. Está localizado na avenida São Pedro, Compensa.

O espaço receberá um novo sistema de escoamento de água, passará por reforma no piso e cobertura, na parte elétrica e terá acabamento com pintura interna e fachada. A obra custará o valor de R$ 877,7 mil.

Feira Municipal Quarentão: surgiu em 1997 e nunca passou por reforma. Possui área de 415,96m², atende 77 permissionários e gera cerca de 237 empregos diretos e 7.000 indiretos. Está localizada na Estrada da Estanave, Compensa.

A obra prevê a restauração da cobertura, do revestimento cerâmico, do piso e das instalações elétricas, além da drenagem e troca de portas e janelas dos box e lojas. O valor da reforma é R$ 324,1 mil.

Modernização das feiras

O pacote de reformas que faz parte dos convênios firmados via UGPE contempla as três grandes feiras de Manaus – Manaus Moderna, Feira Municipal da Banana e Feira Municipal da Panair, na zona sul.

Feiras de bairros tradicionais também estão contempladas. É o caso das feiras da Japiinlândia e, ainda, do São Francisco, e o Mercado Municipal Dr. Jorge de Moraes, em Educandos, na zona sul.

Na zona norte, estão no pacote as feiras do bairro Mundo Novo, a Feira Municipal Padre Rogério Ruvoletto, em Santa Etelvina, e a Feira Municipal do Nova Cidade.

Já para a zona leste estão no cronograma a reforma da Feira Municipal Armando Mendes, Feira Municipal Coberta Jorge Teixeira, Feira Municipal do Coroado e Feira do Porto da Ceasa.

Na zona oeste serão reformadas as feiras municipais do Produtor do Santo Antônio, do São Jorge e Dorval Porto, no bairro Nossa Senhora das Graças. Além da Feira Modelo da Compensa, a feira do Quarentão e o Mini Shopping (NAC), ambos na Compensa. E, na zona centro-oeste, a Feira Municipal do Alvorada 2.

Também estão sendo contempladas as feiras do Polivalente, Feira Municipal do 40, da Banana (Eduardinho), Feira Municipal João Sena e as duas feiras itinerantes.

Related Articles

Check Also

Close
Close