Wilson Lima dá início à implantação de ferramenta que vai reduzir custos de obras no estado

Servidores da Seinfra serão capacitados para usar nova ferramenta digital

O governador do Amazonas, Wilson Lima, deu início à implantação do BIM – Building Information Modelling (Modelo de Informação para a Construção) na Secretaria de Estado da Infraestrutura e Região Metropolitana (Seinfra), nesta terça-feira (10/05). A nova ferramenta digital é destinada à elaboração de projetos de engenharia.

O BIM reduz em 40% o tempo de elaboração de um projeto e aumenta a assertividade em 97%. As diferentes etapas que compõem um projeto podem ser elaboradas simultaneamente, garantindo celeridade, dessa forma. Com outras ferramentas, uma etapa tem início após a conclusão de outra.

Os custos com aditivos serão reduzidos por conta da assertividade, uma vez que os cálculos serão precisos. As obras serão concluídas dentro da previsibilidade do contrato. Ou seja, o investimento na nova tecnologia vai integrar os projetos de construção e vai resultar em transparência e economia para os cofres públicos.

Para isso, a partir de 1º de junho, os servidores da Seinfra serão capacitados, gratuitamente, para o uso da nova tecnologia. A formação custa de R$ 8 mil a R$ 10 mil na iniciativa privada. As aulas serão após o expediente e a formação levará cerca de um ano para ser concluída.

“A gente precisa fazer com que o Estado seja uma máquina enxuta, uma máquina leve. E não tem outro caminho, é através da tecnologia que a gente vai conseguir. Absorvam o máximo do conhecimento que será repassado”, disse o governador.

O Governo do Amazonas é um dos primeiros a dar início à implantação do BIM, atendendo à Lei nº 14.133, de 1º de abril de 2021, artigo 19 e que reforça o Decreto nº 10.306, de 2 de abril de 2020, que dispõe sobre a Estratégia Nacional de Disseminação do BIM.

“É um novo ciclo, é um novo passo na engenharia da construção do estado do Amazonas. O governador Wilson Lima determinou que nós implantássemos urgentemente essa ferramenta para que a gente possa, nos próximos anos, ter os técnicos, os engenheiros, os arquitetos capacitados e que nós possamos fazer projetos cada vez melhores”, disse o secretário da Seinfra, Carlos Henrique Lima.

Ferramenta – O BIM é uma modelagem de informação da construção e permite ações de gerenciamento da documentação, coordenação e simulação em todo o ciclo de vida do projeto (planejamento, projeto, construção, operação e manutenção).

Todos os envolvidos em um projeto, contratante e contratada, poderão planejar, remodelar, comunicar, executar, gerenciar, auditar e fiscalizar as obras de construção civil e assim, desenvolver a infraestrutura.

Além de otimizar o tempo de duração desses projetos, a ferramenta também irá gerar economia, de modo que o Estado construirá mais com menos recurso público, através da redução de custos com o uso racional e estratégico do recurso financeiro, tecnológico e humano.

Related Articles

Check Also

Close
Close