Uso inadequado de medicamentos traz riscos à saúde

Mais da metade dos pacientes utilizam medicamentos da forma errada, diz OMS

Os medicamentos promovem uma série de benefícios ao organismo, podendo prevenir, curar ou aliviar os sintomas de várias doenças. Entretanto, o uso inadequado deles pode causar sérios problemas à saúde. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 50% dos pacientes não utilizam os medicamentos de forma correta, e mais da metade dos medicamentos são prescritos, dispensados ou vendidos de forma inadequada.
Para chamar atenção a esse tema, foi instituído o Dia do Uso Racional de Medicamentos, celebrado em 5 de maio. “O uso racional de medicamentos nada mais é do que quando os pacientes recebem os medicamentos adequados para suas condições clínicas, em doses adequadas, por um período apropriado e com o menor custo para si e para a comunidade”, explica o farmacêutico e coordenador do curso de Farmácia do UNINORTE – Centro Universitário do Norte, Paulo Henrique Freitas.
O especialista explica que o uso incorreto ou irracional de medicamentos pode trazer consequências como reações alérgicas, dependência, interações medicamentosas prejudiciais e até a morte. “O risco mais observado é a intoxicação medicamentosa, que é mais frequente entre as pessoas que têm o costume de se automedicar. Além disso, pode ocorrer a resistência a antibióticos, o que pode prejudicar o tratamento eficaz daquela pessoa quando ela precisar”, diz Paulo Henrique.
O docente da UNINORTE lista algumas orientações para o uso racional de medicamentos:
  • Nunca usar medicamentos por contra própria;
  • Procure sempre fazer exames ou diagnósticos prévios;
  • Não faça utilização de medicamentos seguindo posts de mídias sociais;
  • Receba orientação profissional qualificada para tal, em destaque para o profissional farmacêutico.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com
Close