UGPE reúne com a Controladoria-Geral do Estado para definir criação do setor de controle interno

Iniciativa visa atender a parâmetros legais e a melhores práticas de controle e fiscalização do estado

A Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), representada por meio dos subcoordenadores de planejamento e jurídico-institucional, reuniu-se na segunda-feira (02/07), na sede da Controladoria-Geral do Estado (CGE-AM), para obter informações e discutir a implementação do setor de Controle Interno na UGPE.

Participaram da reunião os subcoordenadores da UGPE, Leonardo Barbosa, responsável pelo setor de Planejamento, Gestão e Controle, e o advogado Francisco Filho, encarregado do setor Jurídico e de Relacionamento Institucional, além do encarregado pela implantação do Controle Interno na UGPE, Rodrigo Junqueira, e a subcontroladora-geral do Estado, Dra. Lúcia Magalhães, que orientou sobre a implantação do Controle Interno na Unidade Gestora.


Foto:Tiago Corrêa_UGPE

“A criação da unidade de Controle Interno na UGPE visa atender a parâmetros legais e a melhores práticas de controle e fiscalização do nosso estado. A UGPE tem primado por essas práticas e é por isso que estamos agora começando essa nova fase, esse novo momento aqui na UGPE, com o apoio inclusive da CGE, órgão máximo nas questões relacionadas ao controle do Estado, na figura do Dr. Otávio e da Dra. Lúcia Magalhães“, explicou Rodrigo Junqueira, responsável pela implantação do setor.

O subcoordenador Leonardo Barbosa é o responsável por elaborar o plano de ação para a implantação do Controle Interno, enquanto o subcoordenador Francisco Filho vai dar andamento aos atos formais, que deverão ser publicados para a implementação.

“Para a CGE é uma grande satisfação acompanhar a estruturação do setor de controle interno da UGPE. É uma missão da CGE dar apoio às unidades para que, de fato, o sistema de controle interno no poder executivo do Amazonas esteja estruturado e cumprindo sua função, a missão de contribuir para a melhoria da gestão pública no estado”, avaliou a subcontroladora-geral do Estado, Dra. Lúcia Magalhães.

Related Articles

Close