TCE-AM terá Roda de Conversa sobre saúde mental e combate ao suicídio no âmbito do Setembro Amarelo

Em alusão ao Setembro Amarelo, o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) irá realizar no dia 23 de setembro, por meio da Divisão de Assistência Social (Dias), uma roda de conversa especial para conscientização sobre a importância da saúde mental e combate ao suicídio. Realizado no auditório da Corte de Contas, o evento é direcionado aos servidores, estagiários e terceirizados do TCE-AM.
Durante o encontro será realizada uma Roda de Conversa com a participação da psiquiatra e de psicólogos que integram o quadro de servidores do Tribunal de Contas do Amazonas. A participação no evento irá gerar certificado de 2h de participação. As inscrições podem ser feitas por meio do site da Escola de Contas Públicas (ECP), pelo endereço virtual https://ecpvirtual.plataformaensineonline.com/.
Para a chefe da Dias,  Ângela Galvão, o evento servirá como um norte para pessoas que possam estar passando por dificuldades com a saúde mental e muitas vezes não sabe como proceder para resolver ou amenizar o problema.
“Muitas pessoas, entre elas os próprios servidores, podem estar passando por dificuldades tão profundas e complexas que não sabem sequer como agir, acabam guardando para si e isso pode acarretar diversos problemas até mesmo físicos, portanto convido a todos os servidores para participar desse momento que será bastante elucidativo”, destacou a chefe de setor.
Ainda segundo  Ângela Galvão, servidores da Dias devem realizar, a partir de segunda-feira (19), visitas aos setores do TCE-AM para realizar o convite para o evento, além de distribuir folders e cartilhas informativas sobre o setembro amarelo.
A campanha
Setembro Amarelo é uma campanha brasileira de prevenção ao suicídio, iniciada em 2015.O mês de setembro foi escolhido para a campanha porque, desde 2003, o dia 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.
Ao contrário de outras campanhas como o Dezembro Vermelho e o Outubro Rosa,o Setembro Amarelo não é reconhecido oficialmente em âmbito nacional por meio de lei federal. Contudo, esse reconhecimento já ocorreu localmente em estados, como em Santa Catarina em 2018,e em vários municípios, que instituíram oficialmente a campanha.
Durante o mês da campanha, costuma-se iluminar locais públicos com a cor amarela. Por exemplo, em 2015 foram iluminados o Cristo Redentor (RJ), o Congresso Nacional (DF), o Estádio Beira Rio (RS), entre outros A ideia é promover eventos que abram espaço para debates sobre suicídio e divulgar o tema alertando a população sobre a importância de sua discussão.

Machado Edson

REDAÇÃO PORTALDOAMAZONAS.COM (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close