TCE-AM realiza ‘Seminário de Ética e Integridade no Setor Público’ nesta quinta-feira (6)

Com o objetivo de fomentar uma cultura de condutas éticas de anticorrupção no exercício do cargo ou função pública, o Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) realiza, nesta quinta-feira (6), o Seminário de Ética e Integridade no Setor Público. Voltado para os jurisdicionados da Corte de Contas amazonense, o evento será realizado no auditório da casa, a partir das 9h.
A realização do seminário faz parte da etapa inicial da capacitação que será realizada ao longo de 12 meses junto a 130 jurisdicionados do TCE-AM, com término previsto para o segundo semestre de 2023. Além do encontro, a etapa inicial também terá como principal objetivo a elaboração da metodologia da pesquisa e do curso de formação, além da seleção e sensibilização dos participantes do programa.
As inscrições podem ser feitas por meio do site da Escola de Contas Públicas (ECP), pelo endereço virtual https://ecpvirtual.plataformaensineonline.com/enrol/index.php?id=719.
Conforme o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, o encontro servirá como um ponto de partida para a implementação do programa de Integridade e Governança junto aos jurisdicionados que integram  o curso.
“Esse é um evento que dará início a uma expansão do programa de governança e integridade do Tribunal de Contas do Amazonas para os nossos jurisdicionados.  O objetivo do TCE é justamente tornar essa uma cultura global no âmbito do Estado do Amazonas, e sem dúvidas trará diversos benefícios para a sociedade amazonense”, destacou o conselheiro-presidente.
Segundo o coordenador da Escola de Contas Públicas (ECP), braço pedagógico da Corte de Contas amazonense, conselheiro Mario de Mello, a implementação da formação de integridade junto aos jurisdicionados deve causar ainda mais destaque ao papel formador do TCE-AM.
“Queremos com isso consolidar o Tribunal de Contas do Amazonas como um dos mais relevantes órgãos públicos amazonenses na promoção da cultura e do ecossistema de ética e integridade”, afirmou o conselheiro Mario de Mello.
Após a realização do Seminário e da etapa inicial, será a vez da fase prática, com aplicação e totalização de resultados da pesquisa de opinião; realização do módulo teórico do curso de formação; a elaboração da cartilha, e a elaboração de um seminário de encerramento e apresentação dos resultados no TCE-AM.

Machado Edson

REDAÇÃO PORTALDOAMAZONAS.COM (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close