TCE-AM lança Plano de Modernização da Corte de Contas para otimizar fiscalização de recursos públicos

O Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM) lançou, na quarta-feira (17), um programa de modernização da Corte de Contas que prevê a criação de novos métodos visando melhorias individuais e gerais para as atividades executadas pelo órgão.

Em reunião realizada com gestores da instituição, o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro, informou sobre a necessidade de otimizar e aperfeiçoar os procedimentos realizados pelos servidores, além de dar continuidade à busca de eficiência aos serviços prestados à sociedade amazonense.

“Reunimos os gestores do Tribunal, ou seja, secretários, diretores e chefes, para expor o plano de modernização das nossas ações para que todos entendam que fazem parte deste processo. Queremos um Tribunal cada vez mais humano, eficiente, técnico, responsivo e que dê as respostas necessárias à sociedade, entre outros, a partir da fiscalização dos recursos públicos, das ações pedagógicas de orientação e capacitação”, disse o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.

Respeitando as prioridades estabelecidas pela Presidência do TCE, o Plano de Modernização está vinculado ao Plano Estratégico 2022-2026 que busca uma gestão participativa com a interação direta dos servidores da Corte de Contas.

Conforme a resolução publicada no Diário Oficial Eletrônico do Tribunal de Contas (DOE/TCE-AM), o Plano de Modernização deverá fomentar novas ideias para o alcance de melhores resultados. Através da apresentação de projetos, que devem incluir plano teórico e prático, as secretarias, diretorias e chefias deverão demonstrar formas de ações a serem implementadas e de que maneira a modernização irá auxiliar na eficiência dos trabalhos feitos no Tribunal.

“Cada Secretaria, Diretoria ou Departamento terá que apresentar e ter muito claro um planejamento de ações de pequeno, médio e longo prazo para que, entre outros, respeitemos o Plano Anual de Contratações e tenhamos um norte delimitado a seguir. Além disso, queremos sugestões de projetos de como inovar e/ou modernizar nossas atividades. Nossas ações serão ainda mais planejadas e orientadas aos ditames da gestão pública com eficiência e eficácia”, afirmou o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.

As propostas de modernização da Corte de Contas devem ser enviadas pelos gestores do TCE-AM até o dia 31 de outubro e o não envio dos projetos está sujeito à responsabilização dos servidores do Tribunal.

Machado Edson

REDAÇÃO PORTALDOAMAZONAS.COM (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close