Suposta fraude no resultado do 50° Festival de Parintins é investigada pelo Ministério Público

 

Um procedimento investigatório criminal(n°002/2015) para apurar a denúncia de possível fraude no resultado do 50° Festival de Parintins,  foi aberto pelo Ministério Público do Estado do Amazonas, nesta quarta-feira, 01.

 parintins-destque

A portaria de n° 006, onde foi registrado o inquérito no dia 29, foi assinada pelos promotores de Justiça Flávio Mota Morais Silveira e Yara Rebeca Albuquerque Marinho de Paula, da promotoria de Parintins.

print

Segunda a publicação, o motivo seria ”suposta malversação do dinheiro público e suposta prática de interceptação de comunicação telefô- nica em desacordo com a Lei n° 9.296/96”

O caso foi aberto pelo próprio MP que após divulgação na imprensa, tomou conhecimento do áudio que foi divulgado pelo levantador de toadas, Sebastião Junior, durante o ensaio do Boi Garantido, no último domingo, 28. A conversa entre o Presidente do Conselho de Artes do Boi Caprichoso, Chico Cardoso, e Armando Valle, favorecia o boi azul no resultado da apuração.

Conforme o promotor, o procedimento investigatório, que está em sua fase inicial, terá duração de 90 dias, podendo ser prorrogado por mais três meses caso seja necessário.

Clique aqui para ver a Portaria.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close