SSP-AM e órgãos federais tratam sobre ações de segurança em áreas de fronteira

Uma reunião entre as forças estaduais de Segurança Pública e representantes do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República (GSI) e da Secretaria de Operações Integradas (Seopi), do Ministério da Justiça e Segurança Pública, tratou de programas e projetos para as áreas de fronteira no Amazonas.

O evento foi aberto pelo secretário de Segurança Pública do Amazonas, coronel Louismar Bonates, no auditório do Comando Geral do Corpo de Bombeiros nesta segunda-feira (28/09). O Amazonas foi o primeiro de três estados a receber a visita dos membros do GSI e da Seopi.

De acordo com o representante do GSI, delegado Rodrigo Bartolamei, a vinda dos membros do Gabinete ao Estado foi um pedido da Seopi para a apresentação do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído para integrar as ações nas áreas de fronteira, com articulação da União, Forças Armadas, Estados e Municípios.

“O objetivo era trazer e apresentar o programa, os objetivos estratégicos e, obviamente, ressaltar a importância do Estado do Amazonas para as ações de repressão aos ilícitos transfronteiriços”, disse.

Foto: Divulgação/SSP

O secretário executivo do Gabinete de Gestão Integrada de Fronteiras (GGI-F), da Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), tenente-coronel Almir Cavalcante, afirmou que a reunião também serviu para que se fossem elaborados planos e projetos para serem executados nas áreas de fronteira do estado.

“Essa parceria é muito boa. Cada um contribuindo um pouco, nós conseguimos somar e dar uma resposta à sociedade no combate à criminalidade de forma bastante efetiva. O programa Vigia, por exemplo, tem nos apoiado bastante nas nossas operações, como ocorre na Base Arpão”, afirmou.

O Vigia é o Programa Nacional de Segurança nas Fronteiras e Divisas, um projeto do Ministério da Justiça e Segurança Pública de integração entre agentes de Segurança Pública para combater o crime organizado nas fronteiras.

Participaram da reunião representantes da SSP, das Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas, Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Polícia Rodoviária Federal (PRF), Polícia Federal (PF), Receita Federal, Marinha do Brasil, Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Close