Servidores da educação municipal têm formação em programas do Instituto Ayrton Senna

Professores, tutores e assessores das 162 escolas da Secretaria Municipal de Educação (Semed), que trabalham com projetos do Instituto Ayrton Senna, iniciaram na última terça-feira, 16, a primeira formação deste ano nos programas ‘Se Liga’ e ‘Acelera Brasil’. O treinamento seguirá até esta sexta-feira, 19, na sede da Divisão de Desenvolvimento Profissional do Magistério (DDPM), zona Centro-Sul, e reúne 180 servidores.

773

O objetivo é orientar os profissionais que trabalham diretamente com os programas de correção de fluxo e que devem atender mais de dois mil alunos este ano. O resultado do primeiro ano de execução dos programas já pode ser considerado positivo, como destacou a gerente de projetos do Instituto Ayrton Senna, Rita de Cássia Paulon.

“Estamos em parceria com o município de Manaus pelo segundo ano. Os resultados de 2015 ainda estão sendo fechados, mas já podemos adiantar que praticamente 94% das crianças do programa ‘Se Liga’ foram alfabetizadas, e que de 94% a 96% dos alunos aceleraram a sua aprendizagem no programa de aceleração no ano passado”, adiantou.

Dando tutoria do programa ‘Acelera Brasil’ em quatro escolas da zona Leste, a tutora Paula Ângela destacou os programas de correção de fluxo como fundamentais para a educação dos alunos. “Fizemos um grande progresso em 2015, pois essas crianças no final conseguiram ser promovidas ou aceleradas. Tivemos crianças que do 3º ano foram para o 6º. Outras do 3º que passaram para o 5º e 4º ano. Acredito que esses programas foram de suma importância para o processo do ensino aprendizagem no nosso município”, afirmou.

Ter os alunos da mesma idade na mesma série é importante para que todos tenham a mesma oportunidade de aprendizagem, destacou a professora Daniela Ribeiro. Ela ressaltou, ainda, que a participação dos pais foi fundamental para o progresso dos alunos.

“Os pais me ajudaram muito e no final do ano a maioria dos meus alunos conseguia chegar a essa evolução: de mudar da etapa que eles estavam para uma próxima. Espero que eles continuem evoluindo. O importante é que eles não se dispersem, pois a evolução é importante para que cheguem ao ensino médio no mesmo nível dos outros alunos e possam prestar vestibular com todo mundo no mesmo nível”, ressaltou.

Projeto pioneiro

Em 2016, o Instituto Ayrton Senna vai utilizar a parceria com a Prefeitura de Manaus para implantar o projeto-piloto ‘Amigos do Zippy’, um programa que visa trabalhar o lado emocional do aluno, a ser executado junto ao programa ‘Se Liga’. Para isso, das 78 escolas que trabalham com o ‘Se Liga’, 39 implementarão o ‘Amigos do Zippy’ e ao final do ano serão submetidos a uma avaliação para saber se houve evolução nos que aderiam ao projeto.

“As pesquisas mostram que quanto mais essas crianças desenvolvem essas competências, mais rapidamente e melhor elas aprendem. O ‘Amigos do Zippy’ vem para o ‘Se Liga’ para dar mais evidência, explicitar mais ainda o desenvolvimento dessas competências emocionais”, informou Rita de Cássia Paulon.

A coordenadora municipal do Instituto Ayrton Senna, Neuza Viana, ressaltou que hoje o programa ‘Se Liga’ é trabalhado em 78 escolas e o programa ‘Acelera Brasil’, em 84 unidades de ensino. Com mais de 200 turmas, os programas atendem cerca de dois mil alunos. Em 2016, além do ‘Se Liga’ e ‘Acelera Brasil’, o Instituto vai continuar trabalhando na rede os programas ‘Pit Stop’ e ‘Fórmula da Vitória’.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close