Semsa tem trabalho selecionado para Congresso Internacional de Envelhecimento Humano

A Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) irá participar do 4º Congresso Internacional de Envelhecimento Humano (CIEH) que acontece de 24 a 26 de setembro, em Campina Grande, na Paraíba.

20150810_135005

O trabalho escolhido para representar o município foi “Cuidador Informal e Familiar um Espaço na Comunidade para Atendimento ao Idoso”, que destaca a orientação aos familiares e comunitários quanto à promoção da saúde para a manutenção da capacidade funcional dos idosos.
Na avaliação do secretário municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão Neto, a participação da Semsa no congresso é importante para destacar o trabalho desenvolvido pela Prefeitura de Manaus no atendimento à pessoa idosa. “O envelhecimento da população de Manaus vem apresentando um crescimento expressivo, tornando-se um desafio no cumprimento de Políticas Públicas direcionadas ao atendimento do idoso.

A secretaria vem cumprindo com responsabilidade a gestão do SUS na Atenção Primária à Saúde, com especial relevância ao reordenamento institucional, considerando o planejamento de saúde da pessoa idosa”, ressaltou.
Entre os profissionais de saúde autores do trabalho estão a chefe do Núcleo de Saúde do Idoso, Maria Eliny Ribeiro da Rocha, a enfermeira responsável pelo Programa do Idoso no Distrito de Saúde Leste, Vilse de Souza Coelho, e a assistente social Georgina Sarkis. A equipe é especialista em Gerontologia e Saúde do Idoso e os três participam como facilitadores do Curso de Cuidador de Idosos, oferecidos periodicamente nos cincos distritos (Disas Norte, Leste, Sul, Oeste e Rural) à população.

Maria Eliny Ribeiro relatou as dificuldades que os familiares encontram no cuidado diversificado e eficiente que precisam e as necessidades dos idosos ativos com grau de dependência. “Foram capacitados cerca de quatro mil familiares no período de 2008 até agora nos cinco distritos de saúde. Os cuidados familiares devem atender também as necessidades daqueles idosos que possuam algum grau de dependência. Identificamos ao longo do curso que a falta de conhecimento comprometia a relação de cuidado com o idoso, em especial os que possuem sequelas de doenças”, informou.

A capacitação que baseou o trabalho a ser apresentado na Paraíba foi oferecida durante o primeiro e segundo semestre de 2014, com carga horária de 20h. Foram abordados aspectos de saúde, sociais, nutricional, psicoemocionais, cuidados preventivos, terapêuticos e outras atividades práticas relacionadas ao envelhecer como cuidados de enfermagem, atividade física, deficiência física e mental.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close