Semmas promove Dia D para remoção de resíduos sólidos do igarapé do Mindu

 

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), promove no próximo dia 16, a partir das 8h30, a segunda edição do Dia D Todos contra os resíduos sólidos, evento cuja finalidade é promover uma grande ação de sensibilização visando à remoção de resíduos das margens do igarapé do Mindu, no trecho que corta o Parque Municipal do Mindu.

ASS - 07-08-15 - Parque Municipal do Mindu (2)

A ação reunirá estudantes universitários de diversas instituições de ensino superior, servidores públicos e os moradores do entorno do parque, visando também uma reflexão sobre a importância da vida no igarapé do Mindu e as atitudes do homem que levam a esse tipo de situação.

Na primeira edição, realizada em 2013, foram retiradas das margens do igarapé aproximadamente oito toneladas de resíduos, com mais de 500 participantes, demonstrando o compromisso da sociedade para com a sobrevivência do igarapé.

A iniciativa conta com o apoio logístico da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), que fornecerá as bags para a colocação dos resíduos coletados, e das próprias instituições de ensino. De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Itamar de Oliveira Mar, a ação funciona como um despertar para a possibilidade de trabalhar a consciência das pessoas para com o problema dos resíduos sólidos na cidade.

A intenção é juntar um exército de voluntários, que se dividirão em grupos para fazer a coleta dos resíduos.

O igarapé do Mindu, no trajeto interno do parque, acumula uma quantidade enorme de resíduos lançados ao longo de seu trajeto, desde as cabeceiras até chegar ao parque. Esse volume aumenta com as chuvas que inundam as bordas do igarapé fazendo com que o lixo fique retido nas árvores.

O gestor do Parque do Mindu, José Feitoza, explica que a floresta quando submersa se transforma em obstáculos naturais para os resíduos que descem pelo igarapé.

Com a diminuição das chuvas, o acúmulo de resíduos se reduz e o período se torna propício para uma ação desse tipo.

No total, o Igarapé do Mindu possui 22 quilômetros de extensão, nascendo na Cidade de Deus, zona Leste, e percorrendo 13 bairros até desaguar na Bacia do São Raimundo. Todo os resíduos coletados serão adicionados à rede do Pescador de Ilusões, monumento instalado na frente do Parque Municipal do Mindu, que chama a atenção para a problemática dos resíduos nos igarapés da cidade. A peça, de autoria do engenheiro José Coelho, tem 12 metros de altura, foi feita a partir do reaproveitamento de resíduos e ficará exposta até o final do mês de agosto.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4538 contato@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close