Semasdh promove bandeiraço contra exploração sexual infanto-juvenil

bandeiracoexp-2

 

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) promoveu um bandeiraço contra a exploração sexual infanto-juvenil na manhã desta terça-feira, 20, no cruzamento entre a avenida Djalma Batista e rua Pará, zona Centro-Sul. A ação faz parte da programação da 1ª Semana de Enfrentamento à Exploração e ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes.

Aproximadamente 100 servidores das secretarias municipais de Saúde (Semsa), Limpeza Pública (Semulsp), Ouvidoria, Gabinete Militar, Conselhos Tutelares e da Semasdh participaram da ação. A campanha está sendo realizada ao longo desta semana e tem como proposta despertar na população um comportamento vigilante, estimulando ainda mais as denúncias por meio do Disque 100, Disque Direitos Humanos (0800 092 6644) e do Disque Denúncia Regional (0800 092 1407).

“Nós temos todos os casos que passam pela DEPCA (Delegacia Especializada na Proteção à Criança e ao Adolescente), pelo nosso SAI (Serviço de Acolhimento Institucional Emergencial) e CREAS (Centro de Referência Especializados em Assistência Social). No ano passado a Semasdh fez mais 1 mil atendimentos somente. Estamos trabalhando no fortalecimento dos conselhos e isso já será um grande passo para melhorarmos o atendimento”, afirmou a secretária municipal de Assistência Social, Goreth Garcia Ribeiro.

Segundo o conselheiro tutelar da Zona Leste I, Hildo Almeida, somente o conselho que ele coordena recebe entre cinco e oito denúncias de violência e exploração sexual por semana. A metade dos casos acaba sendo confirmada. Os registros apontam que, na maioria dos casos, os primeiros violadores fazem parte da família da vítima.

“Nós já conseguimos mapear diversos pontos onde o abuso ou a exploração são mais frequentes. É um trabalho árduo, temos uma rede articulada de proteção à criança e ao adolescente, mas contamos principalmente com as denúncias de familiares, amigos ou vizinhos para que as ações sejam mais efetivas”, declarou.

Marcha
Nesta quarta-feira, 21, haverá a Marcha de Enfrentamento à Violência e ao Abuso Sexual de Crianças e Adolescentes, às 8h, na rotatória do Produtor, na avenida Autaz Mirim, zona Leste de Manaus. Na quinta-feira, 22, outro bandeiraço será realizado na Avenida Constantino Nery, em frente à Arena da Amazônia. Na sexta-feira, 23, a Prefeitura de Manaus coordenará uma carreata com saída às 16h do anfiteatro do Complexo Turístico da Ponta Negra e chegada ao município de Iranduba. A programação encerra-se no dia 24, sábado, às 8h, na praça central do Mauazinho, zona Leste.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close