Sem patrocinadores, Globo perde as corridas de F1 após 40 anos

 

A emissora  informou antecipadamente as agências de publicidade que não renovou os direitos de transmissão da Fórmula 1 para as próximas temporadas. Ou seja, a emissora jogou a toalha e não terá F1 em 2021 na emissora.

A Rede Globo ainda  tentou barganhar a redução dos valores, mas não consegui negociar, tendo em vista a baixa audiência da emissora. Os anunciantes correram da globo e a “tão poderosa” não conseguiu patrocinadores suficientes para manter a F1 no canal.

Todos os anos neste período o departamento comercial já estava com o cronograma fechado e os patrocínios negociado.

Se esse quadro não mudar até o final do ano, será a primeira vez desde de 1980 que a  Globo não terá os direitos da F1.

A maior briga entre as agências de publicidades era conseguir fechar antecipadamente o pacote de transmissão da Fórmula 1 na Globo, que foi, junto com o pacote do futebol, um dos mais valiosos do mercado publicitário brasileiro, com cotas na casa dos R$ 100 milhões (valor de tabela, sem desconto).

Após 40 anos, por falta de patrocínio  a emissora fecha as cortinas para o palco onde brilhou com várias vitórias o nosso herói Ayrton Senna do Brasil.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/
Close