Segunda edição do ‘Sabadão da Saúde’ movimenta todos os distritos de Manaus

O “Sabadão da Saúde”, estratégia da Prefeitura de Manaus para ampliar, em todos os sábados de agosto, o acesso da população a serviços de saúde básica considerados prioritários, movimentou todos os distritos da zona urbana da capital, na segunda edição do evento, aberta pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), às 8h deste dia 13 de agosto.

De acordo com a subsecretária de Gestão da Saúde, Aldeniza Araújo, que acompanhou o início dos trabalhos na Unidade Básica de Saúde (UBS) José Rayol, na avenida Constantino Nery, zona Sul, a expectativa é de que o movimento neste dia supere o registrado no sábado anterior, quando 11 mil pessoas procuraram atendimento ao longo do dia. Desde o início da manhã, a maioria das unidades registrava fluxo intenso de usuários, em especial de mulheres e crianças, para exames e vacinação, sem necessidade de agendamento.

“Estamos vendo que a população está atendendo ao nosso chamado. Estamos em 44 unidades para atender esse público que não tem tempo durante a semana”, reforça Aldeniza, chamando a atenção para as estratégias de horários alternativos que vêm sendo usadas na gestão do prefeito David Almeida para garantir que todos possam cumprir suas rotinas de prevenção e assistência.

Bruna Corrêa, que é analista em Administração, foi uma das usuárias do Sistema Único de Saúde (SUS) que aproveitou o “sabadão” para se cuidar. “Eu vim aproveitar o sábado de campanha para fazer o preventivo, porque, durante a semana, eu não tenho disponibilidade de tempo”, disse.

Já a fisioterapeuta Francimeire Mendes, grávida de 8 meses, garantiu neste sábado consulta odontológica e atualização das vacinas previstas para o período de gestação. “Aproveitei o ‘sabadão’ para completar meu acompanhamento de pré-natal”, disse, ao concluir seus procedimentos odontológicos.

Fotos – Henrique Souza/Semsa

Quatro edições

As edições do “Sabadão da Saúde” serão realizadas pela Prefeitura de Manaus até o fim de agosto, sempre das 8h às 16h, em aproximadamente 50 unidades da rede municipal. Na ação, estão envolvidos, a cada sábado, 1,5 mil servidores, entre médicos, enfermeiros, técnicos e equipes de apoio administrativo.

O objetivo é facilitar, para a população que não encontra tempo durante a semana, o acesso a quatro serviços prioritários: consultas e exames para hipertensos e diabéticos; consultas e exames de pré-natal para gestantes a partir do 1º mês de gravidez; coleta para o exame preventivo do câncer do colo do útero para mulheres de 25 a 64 anos; e atualização das vacinas do calendário básico para crianças de 2 meses a 14 anos.

O monitoramento dos indicadores de saúde nessas áreas faz parte do programa Previne Brasil, do Ministério da Saúde, que aponta Manaus em primeiro lugar dentre as capitais brasileiras, nas últimas duas avaliações. “Mesmo assim, precisamos melhorar nossos indicadores, garantindo que as coberturas de saúde da nossa população estejam dentro das metas, inclusive a cobertura vacinal das crianças, que está baixa em todo o país e precisa ser ampliada para evitar o ressurgimento de doenças já eliminadas ou erradicadas”, observa a subsecretária.

No próximo sábado, 20, a Semsa vai dobrar a quantidade de unidades abertas para fortalecer as ações do “Dia D de Vacinação contra a Poliomielite e de Multivacinação”. Nesse dia, 106 pontos de atendimento estarão abertos, para receber, principalmente, as crianças menores de 5 anos, para atualização das vacinas do calendário nacional.

Valeriano Lucas

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close