Sedecti e Polo Digital de Manaus alinham evento que prevê geração de R$ 20 milhões em negócios

Representantes das instituições conversaram sobre a ExpoAmazônia Bio&TIC que ocorrerá de 30 de junho à 2 de julho no Centro de Convenções Vasco Vasques

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti), e a Associação do Polo Digital de Manaus (APDM) discutiram nesta segunda-feira (16/05), detalhes da ExpoAmazônia Bio&TIC que será de 30 de junho à 2 de julho, no Centro de Convenções Vasco Vasques. A expectativa é que o evento gere em torno de R$ 20 milhões em negócios e receba cerca de 20 mil visitantes.

A reunião ocorreu entre os titulares das respectivas instituições, Angelus Figueira e Vânia Thaumaturgo, e contou com a participação dos secretários executivos de Desenvolvimento e Gestão Estratégica, Valdenor Cardoso, e o da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Luiz Herval. Além do chefe de gabinete, Diego Mota e do chefe de Departamento de Extensão Tecnológica e Inovação (DTI), Leonardo Silva.

Com o tema “A Revolução da Amazônia”, a ExpoAmazônia apresentará dois vetores econômicos fundamentais no desenvolvimento da região Norte: a bioeconomia e a tecnologia de informação e comunicação (TIC).

“Queremos movimentar os polos de bioeconomia, de tecnologia de informação e comunicação da Amazônia fomentando a geração de negócios e empregos, além de promover diversas oportunidades para a região”, disse a presidente da Associação do Polo Digital de Manaus (APDM), Vânia Thaumaturgo.

O titular da Sedecti, Angelus Figueira, evidenciou a importância das duas matrizes econômicas.

“O governo do Amazonas reconhece o polo digital e a bioeconomia como fundamentais no processo de desenvolvimento do estado. E queremos fortalecer estes segmentos essenciais para a geração de emprego e renda no estado, como em todo o Norte do país”.

Related Articles

Check Also

Close
Close