Secretaria de Educação inicia avaliações de aprendizagem com alunos da Educação de Jovens e Adultos

Cerca de 10 mil estudantes da modalidade devem ser avaliados

O Governo do Amazonas, por meio da  Secretaria de Estado de Educação e Desporto, iniciou, nesta terça-feira (14/06), a aplicação da Avaliação de Verificação de Aprendizagem do Amazonas (Avam) da rede estadual de ensino. Em sua segunda edição de 2022, as avaliações são voltadas a cerca de 10 mil estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), da 7ª e 10ª etapas, em todo o Amazonas.

Aplicada em 171 escolas da capital e do interior, a avaliação interna e formativa é realizada por meio da Coordenação de Avaliação de Aprendizagem e Desempenho Educacional (Caade), composta por profissionais da Secretar

Nesta edição, o foco da avaliação são estudantes do 2° segmento (7ª Etapa) e 3° segmento (10ª Etapa) da EJA, de acordo com as novas propostas curriculares vigentes da secretaria. No Centro de Educação para Jovens e Adultos (Ceja) Professor Paulo Freire, na zona centro-sul de Manaus, 145 estudantes foram avaliados neste primeiro dia.

O coordenador da Avam, Eriberto Façanha, frisa que o exame é um meio eficiente de analisar o andamento da educação da rede pública estadual. “A ideia é que nós possamos, a partir desses resultados, junto com a secretaria e equipe pedagógica, realizar intervenções necessárias e possíveis para recuperação da aprendizagem para todo esse público de jovens adultos”, pontua o coordenador.

O aluno da EJA, Robert Barbosa, diz que realizar a prova ajuda no desenvolvimento da sua aprendizagem. “Eu tenho problema em aprender a Língua Portuguesa, então vir à escola todo esse tempo me ajudou a aprender e desenvolver mais meu conhecimento. Com a avaliação vão poder ver como está nosso desempenho e melhorá-lo”, diz o estudante.

Avam

Criada em 2020, durante o retorno das atividades presenciais da rede estadual de ensino na pandemia, a Avam é um mecanismo para medir o aprendizado dos estudantes neste primeiro bimestre de aulas e, a partir do resultado, traçar estratégias de recuperação de aprendizagem dos alunos junto às unidades de ensino, caso necessário.

Related Articles

Check Also

Close
Close