Seap realiza cerimônia de certificação dos cursos de elétrica e pedreiro, e entrega novas instalações

Durante o evento, dois ex-internos foram anunciados como novos colaboradores contratados da empresa terceirizada Reviver

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) realizou, na manhã de quinta-feira (30/06), a cerimônia de conclusão dos cursos de instalação elétrica de baixa tensão e pedreiro, em parceria com o Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), a empresa terceirizada Reviver e o Instituto Segura. A cerimônia aconteceu no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), localizado na BR-174, Km 08, em Manaus.

O objetivo dos cursos é qualificar os internos para abrir novas frentes de trabalho no sistema prisional, possibilitando a eles maior competência profissional e proporcionando maiores chances de sucesso em suas áreas de atuação.

FOTOS: Divulgação/Seap

As qualificações aconteceram durante os meses de maio e junho deste ano, totalizando carga horária de 160 horas, no curso de instalação elétrica, e 80 horas, no de pedreiro. Os cursos formaram um total de 39 internos.

O evento contou com a presença do secretário titular da Seap, coronel Paulo Cesar; do secretário executivo adjunto, coronel André Gioia; do representante do Cetam, Rui Cleber; do diretor do Compaj, Felipe Abreu; do diretor da empresa Reviver, Odair Conceição; do coordenador da Escola de Administração Penitenciária (Esap), tenente Thales Renan; e da chefe do Departamento de Reintegração Social e Capacitação (Deresc), Keyla Prado, além dos colaboradores da empresa terceirizada Reviver e internos da unidade.

O secretário Paulo Cesar ressaltou a preocupação no cuidado com a população carcerária, afirmando acreditar que reviver é possível por meio dos cursos profissionalizantes.

“É importante frisar essas atividades que geram conhecimento, liberdade e novas oportunidades como forma de cuidado com as PPLs (pessoas privadas de liberdade). O Amazonas é referência nacional em muitas atividades e foi o primeiro a ter no quadro de profissionais privados de liberdade um interno a se formar em nível superior. Cem por cento dos profissionais privados de liberdade da capital estão no programa de remissão de pena, e isso é o resultado do trabalho árduo que diariamente visa a dignidade da pessoa humana”.

“Acredito no resgate através da educação. O conhecimento traz oportunidades que geram caminhos diferentes para todos nós, o conhecimento ninguém tira. Nós temos essa parceria extremamente saudável e importante com o Governo do Estado e realizamos esse trabalho grandioso, que gera todos os dias grandes esperanças”, relatou Odair Conceição, da empresa Reviver.

O diretor do Compaj agradeceu o trabalho integrado realizado entre a  Seap, Reviver e Cetam, e parabenizou a turma de formandos pelo empenho durante os cursos.

“Para o interno, nada deve ser mais importante que o olhar de admiração a seu respeito, o orgulho e o amor de seu familiar. Talvez faça muito tempo que os internos não são motivos de orgulho para as pessoas amadas, mas sem sombra de dúvida hoje eles reavivaram a chama e o orgulho que os familiares têm por cada um dos internos aqui”, disse.

Dois ex-internos do sistema foram homenageados durante o evento. Eles retornaram ao sistema como profissionais contratados pela empresa terceirizada Reviver, oportunidade que só foi possível por meio da qualificação ofertada pela Seap, em parceria com o Cetam, no programa Conhecimento que Liberta. Ainda durante o evento, foi anunciada a contratação de mais dois ex-internos.

Novas instalações

Na solenidade foram ainda reativados dois ambientes dentro do Complexo Penitenciário. A cozinha passou por reforma em sua estrutura para melhor atender a demanda interna. Já o setor de lavanderia foi inaugurado dentro do Centro Feminino de Educação e Capacitação (Cefec), e atenderá internos do Centro de Detenção Feminino (CDF) e do Compaj.

Related Articles

Check Also

Close
Close