Roberto Cidade repudia ato violento cometido pelo prefeito de Borba e reafirma compromisso com o diálogo e o bom senso

O presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado estadual Roberto Cidade (UB), candidato à reeleição, registrou Boletim de Ocorrência (BO) contra o prefeito de Borba, Simão Peixoto, que o agrediu fisicamente na manhã desta sexta-feira (2), quando o parlamentar realizava campanha no município. Cidade, que estava em Borba compondo a comitiva do governador Wilson Lima, candidato à reeleição, foi agredido de forma covarde assim que chegou à cidade.

“Essa é uma postura inadmissível e quando vem do chefe de um poder executivo se torna ainda mais grave. As divergências e discordâncias políticas fazem parte da democracia. Não se pode, contudo, partir para violência de forma gratuita como foi o caso. As medidas judiciais já foram adotadas. Espero que a punição ocorra de forma justa e breve. Da minha parte, vou continuar fazendo a política que preza pelo diálogo, pela conciliação e pelo bom senso”, afirmou Cidade.

Apesar do ocorrido, o deputado estadual deu continuidade à agenda de campanha, participando de carreata e reunião política. De Borba, Roberto Cidade seguiu para os municípios de Novo Aripuanã e Manicoré, onde cumpre agendas políticas. 

Solidariedade

Os 23 deputados estaduais prestaram solidariedade ao presidente da Assembleia Legislativa e repudiaram o ato covarde. Em nota conjunta, todos os parlamentares manifestaram total apoio ao deputado Roberto Cidade e completo repúdio ao prefeito do município de Borba.

“Reafirmamos nosso compromisso com a liberdade e o debate no campo das ideias, condenamos quaisquer tipos de violência, especialmente os que comprometem a natureza do estado democrático de direito”, afirma trecho da nota.

O parlamentar agradeceu pelas demonstrações de solidariedade que tem recebido através de ligações, mensagens e pelas redes sociais. “Tenho recebido uma enxurrada de mensagens de solidariedade e sou grato por cada uma delas. Foi algo tão fora da realidade, que custo a acreditar que realmente aconteceu. As medidas legais foram tomadas e isso basta. De meu lado continuarei a fazer a política do bem, com respeito ao povo do meu Estado”, afirmou.

Machado Edson

REDAÇÃO PORTALDOAMAZONAS.COM (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close