Regionalização da Saúde: PlanificaSUS retorna ao Baixo Amazonas com missão de organizar rede materno-infantil

Em nova fase, projeto visa ampliação do acesso da gestante e da criança até 2 anos de idade à atenção primária e à atenção especializada

Equipes da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM), do Hospital Israelita Albert Einstein (Hiae) e do Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass) envolvidas no PlanificaSUS, estão, desde segunda-feira (20/09),  na região do Baixo Amazonas, com a missão de desenvolver a fase 2 do projeto. Com foco no estado para a regionalização da saúde, o projeto busca a organização da rede com a finalidade de integrar a Atenção Primária em Saúde (APS) à Atenção Ambulatorial Especializada. Na nova fase, o foco é para a rede materno-infantil.

“O PlanificaSUS ajuda a dar um passo em qualificar a atenção básica em cada um dos municípios e organiza os fluxos de acesso do público materno-infantil na atenção de média complexidade, sendo o Baixo Amazonas a região prioritária para que possamos avançar na regionalização, começando pelo grupo de gestantes e crianças até os dois anos de idade”, destaca o secretário de Estado de Saúde, Anoar Samad.

FOTOS: Divulgação/SES-AM

Workshop – Nesta sexta-feira (24/09) acontecerá o workshop de abertura da Fase 2 do PlanificaSUS, com vistas ao planejamento das ações relativas ao triênio 2021-2023. O evento contará com a participação do secretário executivo de Assistência ao Interior, Cassio Espírito Santo.

Intitulado “A organização da Atenção Ambulatorial Especializada em rede com a Atenção Primária à Saúde”, o workshop acontece no auditório do Hospital Regional Dr. Jofre Matos Cohen, em Parintins, com a presença dos secretários municipais de saúde dos municípios do Baixo Amazonas, dos grupos condutores e das áreas técnicas estadual e municipal.

De acordo com a secretária executiva adjunta de Políticas em Saúde da SES-AM, Nayara Maksoud, o workshop é para firmar o compromisso entre a região do Baixo Amazonas, estabelecendo competências e responsabilidades na linha materno-infantil em cada município. “O PlanificaSUS traz como principal objetivo o fomento, a ampliação do acesso da gestante e da criança até 2 anos de idade à atenção primária e à atenção especializada”, ressalta.

As equipes iniciaram as visitas no município de Parintins realizando um diagnóstico das unidades de saúde com foco na atenção materno-infantil. No Hospital Padre Colombo, as equipes avaliaram a capacidade instalada da unidade e os processos de trabalho referentes ao parto e nascimento.

As visitas seguem pelos municípios de Nhamundá, Barreirinha, Boa Vista do Ramos e Maués, acompanhados dos profissionais da Rede Cegonha, que estão com a missão de qualificar a metodologia de trabalho realizada nas unidades de saúde do Baixo Amazonas.

Os cinco municípios que integram a região foram escolhidos para receber o projeto-piloto do PlanificaSUS no estado.

FOTOS: Divulgação/SES-AM

PlanificaSUS – Desenvolvido pelo Ministério da Saúde (MS), em parceria com o Conass e execução do Hospital Israelita Albert Einstein, o projeto visa a organização e a integração em rede da Atenção Primária com a Atenção Ambulatorial Especializada junto aos estados e municípios.

No Amazonas, o PlanificaSUS é uma das estratégias da gestão estadual para promover o processo de regionalização da saúde, fortalecendo a saúde nos municípios e descentralizando a atenção especializada da capital para o interior.

O PlanificaSUS foi lançado em 2019, e a região do Baixo Amazonas foi escolhida para a implantação do projeto-piloto. Na primeira fase foram realizados workshops, oficinas tutoriais e cursos curtos para profissionais dos serviços de atenção primária e especializada, gestão, além dos serviços relacionados à linha de cuidado prioritária.

Em decorrência da  pandemia de Covid-19, as ações do PlanificaSUS foram suspensas em 2020 e retomadas neste momento em os municípios apresentam baixa incidência de novos casos de Covid-19.

Related Articles

Close