Projeto-piloto da prefeitura prepara área do Campo Dourado para atividades esportivas e ao ar livre

Em abril, moradores do loteamento Campo Dourado e de outras comunidades da zona Norte da capital irão receber, da Prefeitura de Manaus, um espaço para a prática esportiva e de atividades ao ar livre. Nesta terça-feira, 24, o prefeito Arthur Virgílio Neto foi conhecer a primeira experiência do projeto “Espaço Verde na Comunidade” e ficou encantado com as atividades que vêm sendo preparadas para o local.

AP - 24-02-15 - PREFEITO VISITA CAMPO DOURADO (2)-2
“Com essa inauguração, vamos promover mais qualidade de vida para as pessoas que aqui moram e que terão um local seguro para caminhar, realizar jogos de futebol e para a diversão em família. Mais que isso, estamos reinserindo a comunidade em meio a natureza, resgatando uma área verde que estava degradada e a devolvendo aos comunitários totalmente requalificada, mostrando que é possível ter uma cidade urbanizada ao mesmo tempo em que se preserva o meio ambiente”, destacou o prefeito.

Além de intervenções de recuperação ambiental e implantação de equipamentos urbanos, o projeto também desenvolve ações de educação ambiental. A meta é que ainda este ano, a proposta possa ser estendida a outras cinco áreas da capital, principalmente aquelas que sofrem com problemas de invasão, têm lixeiras viciadas e zonas vermelhas.

“Essa é uma realidade que pretendemos mudar com a ajuda de todos, tornando cada morador um defensor da natureza, uma vez que a própria comunidade será beneficiada. O projeto-piloto teve um investimento R$ 700 mil, valor absorvido por meio de uma compensação ambiental de uma empresa”, explicou a secretária municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Kátia Schweickardt.

AP - 24-02-15 - PREFEITO VISITA CAMPO DOURADO (1)

No Campo Dourado, o projeto Espaço Verde na Comunidade contemplará uma pista de caminhada, trilhas, academia ao ar livre, playground, paraciclo, campos de futebol e quadra de vôlei de areia, nos trechos onde a área verde já se encontrava degradada e com o seu uso alterado. A área verde tem ao todo 2,1 hectares e o projeto atingirá 2,8 mil metros quadrados desse total, reflorestando o trecho com 450 novas árvores e cinco mil mudas ornamentais.

As áreas verdes são espaços definidos pelo poder público, com base em projetos de parcelamento do solo urbano, constituídas por florestas, trechos florestais ou demais formas de vegetação (primária, secundária ou plantada), de natureza jurídica inalienável, e destinadas à manutenção da qualidade ambiental.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close