Produtores rurais são beneficiados com a inauguração de dois poços artesianos em Manacapuru

 

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Produção Rural (Sepror), inaugurou, neste sábado (15/02), dois poços artesianos nas comunidades Cristo Ressuscitado, na Costa do Canabuoca III, e São Francisco, na Boca do Parauá, ambas na zona rural do município de Manacapuru.

O secretário da Sepror, Petrucio Magalhães Júnior, falou sobre a importância de ajudar as comunidades mais distantes. “Muita gente podia dizer que é uma coisa simples, mas ninguém fez. Quando essa emenda chegou na Sepror toda a equipe se uniu com a população para tornar real este sonho”, disse o secretário.

Para a presidente do Instituto Jovens do Futuro, Helen Andrade, os poços chegam em um bom momento para atender as duas comunidades que sofrem com o consumo de água inapropriada.

Morador da comunidade Cristo Ressuscitado, o agricultor Eliezio Gomes, contou que por anos a comunidade aguardava a chegada de um poço. Com muitas crianças, jovens, adultos e idosos, a comunidade precisava do apoio governamental para melhorar a qualidade de vida dos moradores. Eliezio afirmou que agora o momento é de comemoração para todos da localidade, que estão satisfeitos por ter água limpa disponível.

“Tínhamos uma água barrenta e suja, pois vem do Solimões, e víamos nossas crianças e idosos doentes, já imaginávamos que era por conta da água. Agora graças ao apoio dessa verba, que destinou para cá a construção do poço, teremos mais qualidade de vida”, agradeceu Eliezio.

Comunidades – As comunidades ficam localizadas em terras de várzea, na margem esquerda do rio Solimões, distante 35 km do município de Manacapuru. A comunidade rural Cristo Ressuscitado foi fundada há 50 anos e conta com aproximadamente 500 habitantes. A localidade possui energia elétrica, escola municipal, igrejas e associações. Setenta por cento da comunidade é formada por jovens adolescentes e mulheres que desenvolvem atividades da agricultura familiar.

A comunidade rural São Francisco, também localizada em terras de várzea no rio Solimões, fica distante 25 km de Manacapuru e foi fundada há mais de 60 anos, possuindo uma população de 200 habitantes. Tem um potencial muito grande no pescado, além da produção de farinha de mandioca, frutas, hortaliças, bovinocultura, entre outras atividades econômicas.

 

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/
Close