Presidente do recomenda uso de máscaras nas dependências do TCE para grupos de risco

Considerando o crescente número de casos de contaminação pela Covid-19 no Estado, o presidente do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) está recomendando o uso de máscaras nas dependências da Corte de Contas e outros cuidados aos servidores e visitantes. A portaria com as recomendações foi publicada no Diário Oficial Eletrônico (DOE) desta sexta-feira (18).

Na portaria publicada, o presidente da Corte de Contas recomenda o uso de máscaras, especialmente, para pessoas do grupo de risco, como imunossuprimidos, gestantes e pessoas com comorbidades, e outras que porventura tiverem contato recente com infectados.

Para os servidores do setor de saúde, e das copas, lanchonetes e restaurante, o uso de máscaras é obrigatório.

 

Apresentação de carteira de vacinação é obrigatória

O acesso nas dependências do TCE-AM mediante apresentação do comprovante de vacinação, de acordo com o Plano Nacional, permanece obrigatório. A medida é válida tanto para estagiários, servidores e demais colaboradores, quanto para público externo, incluindo advogados, prestados de serviços, usuários e visitantes.

Além do comprovante de vacinação obrigatório, não será permitida entrada de servidores e estagiários que testarem positivo para Covid-19, ou que tenham sintomas gripais, mesmo que leves, como dor no corpo, espirros frequentes, congestão nasal, tosse aguda, coriza, falta de ar, febre, dor de garganta, perda do olfato, ou perda de paladar.

O retorno às atividades presenciais para essas pessoas com os sintomas gripais citados acima estará condicionado à autorização do setor médico da Corte de Contas.

Machado Edson

REDAÇÃO PORTALDOAMAZONAS.COM (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close