Prefeitura registra 3,5 milhões de doses de vacinas aplicadas em um ano de campanha

No dia em que completa um ano desde que iniciou a campanha de vacinação contra a Covid-19, a Prefeitura de Manaus registra nesta quarta-feira, 19/1, a marca de mais de 3,5 milhões de doses aplicadas. O número contempla primeira, segunda, terceira e quarta doses e, mais recentemente, as doses pediátricas. Considerando o público a partir dos 12 anos, a capital já conta com mais de 93% da população com a imunização iniciada e quase 82% com o esquema vacinal completo.

O prefeito David Almeida destacou a importância do alcance cada vez maior da vacinação na cidade, principalmente com o aumento no número de casos de Covid-19, ocasionados pela variante Ômicron, do novo coronavírus, com a confirmação de pelo menos 15 mil registros entre os dias 3 e 17 deste mês, o equivalente a 49% do total de pessoas testadas, uma média aproximada de mil casos por dia só na primeira quinzena do ano.

“No ano passado, exatamente nessa época, vivíamos uma situação desesperadora que foi a segunda onda da Covid-19 em Manaus, um dos piores momentos da história da nossa cidade, exatamente no início de nossa gestão. Hoje enfrentamos um aumento no número de casos, mas com uma realidade bem diferente. Além da estrutura da saúde pública do município estar ajustada, temos as vacinas. Temos um dos maiores índices de vacinados do Brasil e do mundo. E isso está contribuindo para que as pessoas que estão contraindo o vírus não tenham seus quadros agravados, causando superlotação nas unidades de média e alta complexidades, além de não haver o registro de mortes por essa doença”, comentou o chefe do Executivo municipal.

Para o prefeito, os números da campanha de vacinação em Manaus são resultado do empenho dos servidores da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), responsável pela coordenação da vacinação na capital.

“Diariamente temos aproximadamente 950 trabalhadores envolvidos no processo de vacinação contra a Covid-19. Esse é um número considerável. São servidores que se dedicam incansavelmente para assegurar a proteção da nossa gente”, ressaltou.

Outro comparativo apontado pelo prefeito foi relativo aos óbitos ocorridos por Covid-19. Em janeiro de 2021, foram 2.179 mortes causadas pela doença. Até esta terça-feira, 18, foram confirmados 14 sepultamentos de vítimas da doença. “Essa é a comprovação de que as vacinas estão, sim, evitando mortes”, disse.

David Almeida reforçou ainda a segurança das vacinas contra a Covid-19 que são aplicadas no país, todas aprovadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Evolução

A titular da Semsa, Shádia Fraxe, lembrou que nesses 12 meses, foram adotados diferentes planejamentos, a fim de assegurar o cumprimento das diretrizes do Plano Operacional de Vacinação contra a Covid-19, do Ministério da Saúde, com atendimento em pontos estratégicos, inclusive com a oferta da modalidade drive-thru.

“Cada nova liberação de doses exigia de nós a busca de alternativas para vacinar os grupos prioritários elencados no plano do Ministério da Saúde, principalmente porque temos aqui condições especiais, com parte da população vivendo em áreas rurais, ribeirinhas, rodoviárias. Temos os povos indígenas, os migrantes venezuelanos, muitos deles também de uma etnia indígena, a warao. Todas as particularidades sempre foram analisadas e respeitadas, assegurando a todos o direito à imunização. E assim conduzimos a campanha até agora”, apontou.

Crianças

Desde a última segunda-feira, 17, a Prefeitura de Manaus começou a vacinar as crianças de 5 a 11 anos. “Temos todas as evidências de que as vacinas são eficazes para o que foram criadas, que é evitar o agravamento do quadro e mortes por Covid-19. Nossas crianças começaram a ser vacinadas e peço aos pais que levem seus filhos. O mundo inteiro já está vacinando as crianças. É um processo seguro. As crianças estavam sendo contaminadas por adultos que ainda não se vacinaram. É uma doença grave, temos crianças internadas, acometidas pela Covid-19. Portanto, precisamos que elas sejam vacinadas”, apelou.

Esquema vacinal

O Sistema Municipal de Vacinação (SMV) indicava, nesta terça-feira, que 258.817 pessoas não retornaram para tomar a segunda dose da vacina e concluir o esquema vacinal. Outras 94.511 do público vacinável a partir dos 12 anos, ainda não haviam recebido a primeira dose da vacina.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close