Prefeitura premia estudantes do concurso Super Escritores da Semed

A Prefeitura de Manaus realizou, nesta segunda-feira, 8/8, a premiação do concurso “Super Escritores” da Divisão Distrital Zonal (DDZ) Sul, da Secretaria Municipal de Educação (Semed). A ação tem o intuito de desenvolver as habilidades de leitura, escrita e a capacidade criativa, bem como estimular vivências significativas no processo de ensino e aprendizagem no componente curricular da língua portuguesa. O evento ocorreu na unidade do Centro Universitário Fametro, no bairro Cachoeirinha, zona Sul.

O concurso contou com a participação de mais de 4,6 mil estudantes do 2°, 4°, 8° ano do ensino fundamental, além da 3ª e 4ª fases da modalidade de Ensino de Jovens e Adultos (EJA) de 27 escolas, coordenadas pela DDZ Sul.

O chefe da DDZ Sul, Renato Júnior, mencionou como essa iniciativa estimula as práticas de ensino voltadas ao componente de língua portuguesa entre os alunos envolvidos.

“Esse concurso desenvolve as habilidades de leitura e escrita nos estudantes. A DDZ convida as escolas para fazer parte, trazendo assim um brilho para os alunos, sendo de muita importância. Essa premiação foi muito emocionante, então estamos muito satisfeitos. Agradecemos a todos os pais e professoras que contribuíram para esse projeto”, declarou.

Fotos – Eliton Santos / Semed

Vencedores

Nesta edição, haviam diversas categorias, onde os estudantes puderam demonstrar seus talentos e habilidades. Na categoria “Cartaz”, que envolveu alunos do 2° ano, a vencedora foi Adriana Victoria, da escola municipal Padre Sebastião Puga, localizada no bairro Japiim, zona Sul, sob a orientação do professor Eudes Bruce.

Na categoria “Poema”, com estudantes do 4° ano, o primeiro colocado foi o estudante Alfonso Josué Brito, da escola municipal Dr. Geraldo Pinheiro, também no bairro Japiim. “Gostei de ganhar o prêmio, porque nunca tinha feito poema. A professora me ajudou muito e me explicou direitinho como fazer. Estou muito contente”, declarou.

O vencedor foi orientado pela professora Ericka Sousa, que explicou o processo de produção do poema, no qual destaca aspectos positivos para transformar Manaus em uma cidade melhor.

“Despertamos nele e em todos os alunos o interesse pela leitura. Então, a partir do momento que ele se dedicou para construir esse poema, por meio de cada palavrinha que construía e estava dando certo, foi de grande felicidade para mim, sendo sua professora. Conquistar esse prêmio é muito positivo, porque vemos nosso trabalho sendo recompensado”, comentou Ericka.

Na categoria “Artigo de Opinião”, que integrou os estudantes do 8° ano, a campeã foi a estudante Lorrana de Souza, da escola municipal Villa Lobos, localizada no bairro São Francisco, zona Sul. As professoras Eliamara Barbosa e Maria Izolene auxiliaram a estudante.

“Eu falei sobre a parceira da escola para fazermos uma educação de qualidade. Para produzir esse texto, estudei vários anexos e busquei muito conhecimento. É um grande prazer estar aqui e as professoras me ajudaram muito a aperfeiçoar o tema”, disse Lorrana de Souza.

Na modalidade EJA, a estudante da 3ª fase, Núbia Lasmar, da Escola Municipal Anastácio Assunção, no bairro São Lázaro, venceu na temática “gênero textual – poema livre”. A produção foi orientada pela professora Andrea Xaud.

No gênero “Memórias Literárias”, outra aluna da escola municipal Anastácio Assunção conquistou o lugar mais alto do pódio, sendo a estudante Karina Viana, da 4° fase da EJA, que recebeu as instruções da professora Andreia Rodrigues.

 

Machado Edson

REDAÇÃO PORTALDOAMAZONAS.COM (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close