Prefeitura de Manaus reúne Comitê de Gestão de Crises para alinhar Plano de Contingência da Operação Cheia 2022

A Prefeitura de Manaus reuniu nesta segunda-feira, 18/4, o Comitê de Gestão de Crises, formado por secretarias municipais, no Centro de Cooperação da Cidade, localizado na avenida Umberto Calderaro, bairro Parque 10 de Novembro, zona Centro-Sul, para discutir os próximos passos do Plano de Contingência da Operação Cheia 2022. A ações serão coordenadas pela Defesa Civil e Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc).

A construção das pontes já iniciou para facilitar o trabalho dos cadastradores que farão o acompanhamento social das famílias. Essa ação acontece de forma integrada entre Semasc e Fundo Manaus Solidária.

“Nós hoje nos organizamos entre as secretarias para confirmar as atribuições, com base nas atividades do ano passado, mas executando o plano de contingência desse ano, que foi repassado pela Defesa Civil”, disse a secretária da Semasc, Jane Mara Moraes.

De acordo com o secretário executivo da Defesa Civil do município, coronel Fernando Júnior, o trabalho começou em dezembro e deve seguir de forma intensa até meados de junho.

“O trabalho da Defesa Civil começou em dezembro do ano passado, fazendo os levantamentos hidrometeorológicos e monitorando os dados. Essa reunião de alinhamento já é para preparar a resposta e a ajuda às famílias que serão atingidas pela cheia tanto do rio Negro, quanto do rio Amazonas”, ressaltou o coronel.

Com mais de dez secretarias municipais diretamente envolvidas na operação, o objetivo do comitê é alinhar as atividades e somar esforços, uma vez que a cheia desse ano promete ultrapassar a marca de 29 metros, o que caracteriza um evento severo, e deve atingir 19 bairros de Manaus e mais 12 comunidades do rio Negro e 14 do rio Amazonas.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close