Prefeitura de Manaus premia vencedores e celebra a vida no encerramento da 22ª Olimpíada da Terceira Idade

Chegou ao fim a 22ª edição dos Jogos Olímpicos da Terceira Idade, na noite da última quinta-feira, 22/9. Iniciada no dia 15, a competição foi realizada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Manaus Esporte (FME), com direito a várias atividades, incluindo atrações musicais, no Parque Municipal do Idoso (PMI), no bairro Nossa Senhora das Graças, na zona Centro-Sul.

A competição contou com a participação de idosos de toda a cidade, incluídos em 25 grupos dos núcleos do programa “Manaus Esportiva”, além de integrantes do município Iranduba e do distrito Cacau Pirêra. 

As disputas ocorreram em 14 modalidades adaptadas aos participantes: tênis de mesa, gerontovoleibol, dominó, bocha, malha, chute a gol, fut pênalti, taco no disco, boliche, lance livre na cesta, lançamento ao alvo, jogo de argolas, natação e concurso de dança.

Além desta iniciativa, durante todo o ano, a Fundação Manaus Esporte (FME), promove atividades sócio desportivas nos diversos núcleos do “Manaus Esportiva” na cidade. O diretor-presidente do órgão, Aurilex Moreira, destaca a boa adesão das pessoas idosas à competição, que voltou a ser realizada após dois anos de pandemia. Os jogos são uma forma de estimular o público-alvo a buscar uma vida saudável com a prática de esportes.

“Estão dizendo que essa foi a maior edição dos jogos da terceira idade, e não poderia ser diferente. Depois de dois anos de pandemia, em que essa faixa etária foi duramente atingida, o retorno das atividades tem uma simbologia diferente e a palavra de ordem é celebração: da vida, da amizade, da socialização, da alegria de viver. Com esse pensamento, organizamos este evento, seguindo determinação do nosso prefeito. Idealizamos de forma com que os idosos pudessem não só participar de uma atividade social e esportiva, mas, acima de tudo, comemorar a vida”.

Medalhistas

Dentre as equipes que mais faturaram prêmios, estão a do núcleo Rouxinol, com quase o dobro da pontuação do segundo colocado, o núcleo Redenção. O núcleo Coroado fechou o pódio.

Teve atleta na Vila Olímpica, levando sete medalhas para casa. Uma verdadeira papa títulos. Veterana nos jogos, Antônia Braga, de 68 anos, que representou o núcleo do Japiim, arrastou as seguintes premiações: ouro no vôlei, no tênis de mesa, na corrida de 50 metros, caminhada e revezamento; além de prata na natação, e bronze na argola.

“Tive lesões recentes, mas me cuidei e consegui vir participar das olimpíadas. Estou muito feliz pelas medalhas. Esta é a 15ª edição que participo. É um momento emocionante, perdi familiares na pandemia, fiquei meses longe de Manaus esperando a situação se acalmar e o núcleo do Japiim abriu as portas para que eu pudesse voltar a treinar. Só gratidão”, concluiu.

Ranking geral

1º – Núcleo Rouxinol – 555 pontos

2º – Núcleo Redenção – 281 pontos

3º – Núcleo Coroado – 271 pontos

4º – Núcleo Santa Etelvina – 220 pontos

5º – Núcleo Japiim – 155 pontos

6º – Núcleo Campos Elíseos – 154 pontos

7º – Parque Municipal do Idoso – 150 pontos

8º – Grupo Idoso Feliz – 106 pontos

9º – Grupo Lazer na 3ª Idade (Sesi) – 102 pontos

10º – Núcleo Zezão – 101 pontos

11º – Núcleo Alvorada – 73 pontos

12º – Núcleo Niningberg Guerra – 71 pontos

13º – Núcleo Dom Jackson – 59 pontos

14º – Grupo Vida Ativa (Iranduba) – 52 pontos

15º – Grupo Ágape – 51 pontos

16º – Núcleo Cidade Nova – 49 pontos

17º – Grupo Anos Dourados (PM-AM) – 49 pontos

18º – Núcleo Vale do Amanhecer – 39 pontos

19º – Grupo Santuário de Vidas Ativas – 39 pontos

20º – Grupo Bromélias em Movimento – 30 pontos

21º – Núcleo Dom Pedro – 29 pontos

22º – Grupo Projeto Prioridade – 23 pontos

23º – Grupo Jovem Coração do Zumbi – 21 pontos

24º – Núcleo Santa Luzia – 17 pontos

25º – Grupo Maria Joaquina (Cacau Pirêra) – 15 pontos

Valeriano Lucas

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close