Prefeitura de Manaus leva serviços para ação social no entorno da Feira da Panair

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Públuca e Defesa Social (Semseg), levou neste sábado serviços para a ação social do projeto Probrezinho de Francisco, realizado pela Igreja Católica para os moradores do bairro Colônica Oliveira Machado, zona Sul, especialmente as pessoas em situação de rua que vivem no entorno da Feira da Panair. A atividade contou com palestras da Defesa Civil, o lançamento do mascote Zé Prevenido e serviços ofertados como cortes de cabelo e massagem.

Apesar de contar com o envolvimento dos servidores, a ação foi totalmente voluntária e os agentes se dispuseram a levar seus hobbies e aqueles talentos ocultos do dia a dia da secretaria, como corte de cabelo, massagem terapêutica com bambu, massagem tradicional e o canto, já que um dos servidores da Guarda Municipal ficou responsável pela animação do evento.

Além de agente de segurança, Jean Michel também canta em eventos e por isso, se ofereceu para garantir a música do evento. “Eu gosto desse tipo de atividade, mas com a correria da rotina não consigo parar para planejar. Esse convite veio em boa hora e eu aceitei porque é mais uma forma de ser grato por todas as bençãos e de poder retribuir tudo que vem acontecendo na minha vida. Música acolhe as pessoas e une através da alegria e apesar de muitas dessas pessoas terem uma vida difícil, elas não se permitem deixar de sorrir, isso é muito impactante”, relatou Michel.

Para o secretário Sérgio Fontes, esse é dos principais objetivos da Semseg, garantir a segurança de forma cidadã, perto da comunidade. “Nós estamos hoje com voluntários, o serviço hoje é voluntariado e trouxemos a nossa solidariedade para esse momento de reflexão, momento de compartilhar o que a gente tem com os necessitados, que é uma marca do nosso prefeito que é uma pessoa religiosa. Sempre com o voluntariado, nós queremos tornar isso rotina e trabalhar para que o funcionário cada vez mais possa se engajar. O serviço voluntariado é importante porque é o que o funcionário devolve para sociedade”, disse Sérgio Fontes.

O diretor de operações da Defesa Civil, Robson Falcão, levou para a comunidade que mora em área de risco já mapeada pela secretaria, uma orientação sobre o assunto, junto com cartilhas e materiais didáticos para as crianças que aprenderam de forma pedagógica como acionar o serviço do 199 em caso de emergência.

Ao todo, 30 funcionários públicos entre Guarda Municipal, Defesa Civil e Administrativo participaram da ação, movimentando a igreja de São Francisco das Chagas, coordenada pelo Frei Francisco Xavier.

“A nossa ação é todo dia 4 de cada mês e há quatro anos nós trouxemos essa proposta de nos encontrarmos aqui com os pobrezinhos de Francisco, que é uma referência a São Francisco, que acolhe os menos favorecidos e vai ao encontro dos mais frágeis. Então retomamos a experiência com moradores de rua, com aqueles que estão sem voz e sem vez, aproveitando para fazer desse dia, um dia mais feliz e mais leve para as famílias, um dia de solidariedade”, concluiu.

Related Articles

Check Also

Close
Close