Prefeitura de Manaus distribui mudas de plantas nativas como medida compensatória das obras do Local Casa de Praia

A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Trabalho, Empreendedorismo e Inovação (Semtepi), em parceria com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), promoveu, neste domingo, 19/6, a distribuição de mil mudas de plantas nativas, à população manauara, no complexo turístico da Ponta Negra, zona Oeste, onde está em obras o Local Casa de Praia.

A iniciativa tem como objetivo garantir o equilíbrio entre as atividades humanas e a renovação dos recursos naturais, bem como o uso consciente da natureza, além de colaborar com a medida compensatória ambiental nº 559/2022, do espaço Local Casa de Praia, em processo de revitalização.

“Esse é um trabalho de conscientização do meio ambiente. A nossa ideia é reflorestar, mas também cumprir a nossa obrigação da ação compensatória da obra do Local Casa de Praia. Estamos fazendo 100 vezes mais do que nos foi pedido, e também iremos plantar árvores nativas aqui no entorno da Ponta Negra, além de realizar a doação de mudas à população”, explicou o secretário da Semtepi, Radyr Junior.

No total, mil mudas ornamentais, medicinais e frutíferas, nativas do Amazonas, foram distribuídas gratuitamente. As plantas mais procuradas pelo público foram os pés de graviola, de ipês e de malvarisco. A parceria entre as secretarias visa incentivar e fortalecer as demandas da gestão do prefeito David Almeida.

“Vi de longe a distribuição e já corri para garantir minha muda de graviola. Também fiquei muito feliz em saber que este espaço será reformado depois de tantos anos. Com certeza será mais um ponto turístico para aproveitar e curtir com toda a minha família”, afirmou a industriária Elane Menezes.

Local Casa de Praia

A reforma no Local Casa de Praia é a primeira reconversão da gestão do prefeito David Almeida, que transformará o imóvel abandonado e degradado em espaço público multiuso, com foco no lazer, no turismo, negócios, artesanato e na gastronomia.

O antigo prédio, que já foi palco de casas de shows, vai abrigar, quando reformado, uma edificação comunitária, de revitalização urbana, aberta ao público, gratuitamente. Será um lugar de encontro, para contemplação da paisagem, além de entretenimento, com vista para o rio Negro.

O projeto é de autoria do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb) e a obra é executada pela Semtepi.

Related Articles

Check Also

Close
Close