Prefeito recebe estudo da Unicef para implantação das Plataformas dos Centros Urbanos

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, recebeu, nesta sexta-feira, 13, o resultado de um levantamento realizado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) para a implantação da Plataforma dos Centros Urbanos (PCU) na capital. O diagnóstico apresenta pontos referentes à saúde, à educação, às condições da mulher frente aos diretos humanos e ao esporte. Ele afirmou que tudo será analisado e vai procurar adaptar as sugestões ao trabalho da prefeitura.

IMG_9530

O estudo entregue ao prefeito pelas integrantes do Unicef, em Manaus, Emily Costa e Daniele Silva, foi realizado buscando indicadores para redução das desigualdades, assim como buscar melhoria da qualidade de vida das crianças e de adolescentes nos bairros Santa Etelvina, na zona norte e Jorge Teixeira, na zona leste. Além de Manaus, a iniciativa contempla outras oito capitais do Brasil.

Durante a reunião, o prefeito explicou às coordenadoras que a Prefeitura de Manaus está trabalhando para buscar redução de gastos, principalmente por conta da crise que está se instalando no país. No entanto, destacou que o levantamento apresenta muitas sugestões e orientações que serão analisadas e adaptadas aos trabalhos realizados pela gestão municipal.

“Temos propostas que não custam dinheiro ou custam pouquíssimo dinheiro e a gente vai implementar. Temos outras que será necessário estabelecer prazos para execução e outras que no momento da crise será impossível fazer. Mas tenho a certeza temos agora nas mãos uma bússola para nos orientarmos. O Unicef fez um trabalho bem feito e sempre construtivo”, comentou o prefeito.

De acordo com a coordenadora do Unicef, Emiy Costa, o levantamento foi realizado por aproximadamente 12 meses com o auxílio de comissões das secretarias de Saúde (Semsa), Educação (Semed), Direitos Humanos (Semasdh) e Esporte (Semjel). Ela explicou que a maioria das propostas foram apresentadas pelas próprias comunidades que também se comprometeram em ajudar em determinadas ações.

“A partir agora nós vamos montar grupos de trabalho nas diferentes secretarias para analisar essas propostas e verificar quais são as que podem ser realizadas, as que podem ser priorizadas e começar o plano de ação para dar uma resposta às comunidades, e vamos começar, a trabalhar, possivelmente já nos próximos meses”, garantiu ela.

Para a secretaria municipal de Assistência Social e Direitos Humanos, Goreth Garcia Ribeiro, a fórmula apresentada pelo Unicef é interessante e desperta a articulação mais aproximada com o jovem, o adolescente e a comunidade. Segundo ela, é uma proposta interessante para cidade ter essa parceria e um privilégio implantar o projeto em Manaus. “O objetivo é oferecer soluções para buscar melhorar a qualidade de vida dos jovens e das crianças dessas duas comunidades”, destacou.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close