Posto de Atendimento Humanizado ao Migrante de Manacapuru é reinaugurado e vai receber denúncia de tráfico de pessoas

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), reinaugurou na quarta-feira, 22 de junho, no município Manacapuru (distante 84 quilômetros de Manaus), o Posto Avançado de Atendimento ao Migrante.

trafico

O posto vai funcionar em parceria com a prefeitura de Manacapuru, de segunda à sexta-feira, das 8h às 17h, no terminal rodoviário Pacheco Teles (Boulevard Pedro Rates, s/nº, Centro) e, também, vai receber denúncias de tráfico de pessoas e atender vítimas desse crime.

“Esse posto estava parado há um ano e Manacapuru é uma das cidades amazonenses que mais recebe turistas, portanto, não pode ficar sem um ponto de atendimento específico. O local serve para orientar migrantes e garantir seus direitos cidadãos, colabora com a questão da prevenção ao tráfico humano, além de coibi-lo e disponibiliza informações sobre esse crime, que acontece, especialmente, com as mulheres”, explica a titular da Sejusc, Graça Prola.

Antes da inauguração aconteceram palestras sobre temas pertinentes ao funcionamento e público-alvo do posto. Servidores públicos da prefeitura e Câmara Municipal de Manacapuru, representantes do Tribunal de Justiça do Amazonas, Ministério Público do Amazonas e membros da sociedade civil organizada participaram do encontro que debateu questões como migrações internacionais, trabalho escravo e infantil, tráfico de pessoas e violência contra as mulheres.

PORTAL DO AMAZONAS.COM

Redação (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/
Close