PL de Roberto Cidade declara ‘Festa de Nossa Senhora do Bom Socorro’, em Barreirinha, como Patrimônio Cultural do Amazonas

Um dos festejos mais tradicionais do Baixo Amazonas, a “Festa de Nossa Senhora do Bom Socorro”, realizada em Barreirinha (distante 330 km de Manaus) deve ser declarada como Patrimônio Cultural de Natureza Imaterial do Estado do Amazonas. A proposta é do deputado estadual Roberto Cidade (UB), presidente da Assembleia Legislativa do do Amazonas (Aleam).

“Nossa Senhora do Bom Socorro é padroeira de Barreirinha. Ela é comemorada anualmente em 5 de Agosto e queremos, por

meio desse PL, fortalecer ainda mais essa festa tão tradicional e importante para o barreirinhense. É um festejo que movimenta o turismo, a economia e fortalece a cultura local. Além disso, é uma forma de reconhecimento, de respeito a algo tão importante para a população do município”, disse.

O festejo, que se estende de 5 a 15 de agosto, é realizado há pelo menos 30 anos. “A celebração faz parte do calendário de eventos religiosos do interior do Estado do Amazonas há muitos anos e essa propositura visa valorizar a cultura e a fé de um povo, reconhecendo como patrimônio cultural de natureza imaterial esta importante festa para todos os devotos e para a sociedade amazonense”, afirmou.

Patrimônio material, histórico e cultural é definido como o conjunto de bens culturais, móveis ou imóveis, cuja conservação seja de interesse público, quer por sua vinculação a fatos memoráveis da história, quer por seu excepcional valor arqueológico, etnográfico, bibliográfico ou artístico.

A partir do reconhecimento por meio de Lei, o patrimônio passa a ser protegido e perpetuado, não podendo ser extinto ou destruído.

Valeriano Lucas

REDAÇÃO- (92) 3877-4539 contato@portaldoamazonas.com / socorromaia@portaldoamazonas.com/danielmanauara@portaldoamazonas.com

Related Articles

Check Also

Close
Close