PF faz ação contra suspeitos de comandar facção amazonense

Organização criminosa atuava a partir do estado do Rio de Janeiro

Policiais federais cumprem hoje (22) mandados de prisão preventiva e de busca e apreensão contra suspeitos de integrarem organização criminosa que atua nos estados do Rio de Janeiro e do Amazonas. Entre os alvos estão líderes de um grupo chamado Comando Vermelho do Amazonas, uma espécie de subsidiária da facção criminosa homônima fluminense.

De acordo com a Polícia Federal (PF), os suspeitos comandavam a organização criminosa a partir do estado do Rio de Janeiro.

Até as 10h de hoje (23), três pessoas haviam sido presas, segundo a assessoria de imprensa da PF, entre eles um homem apontado como a principal liderança da organização criminosa, cujo nome não foi divulgado.

Os mandados da terceira fase da Operação Nômade, desencadeada em fevereiro deste ano, foram expedidos pela Justiça Estadual do Amazonas e visam auxiliar nas investigações das práticas de crimes de organização criminosa e tráfico de drogas.

A operação, realizada no Rio de Janeiro, contou com o apoio da Secretaria de Administração Penitenciária do Amazonas.

Por Vitor Abdala

Coloque

Related Articles

Close