Passe Livre: transporte gratuito alivia orçamento das famílias em Manaus

Com Passe Livre Estudantil, estudante tem direito a até 44 passagens mensais

Iniciado em fevereiro deste ano, o Passe Livre Estudantil tem garantido o acesso ao transporte coletivo a crianças e adolescentes de Manaus. Construído pelo governador Wilson Lima, em parceria com o prefeito David Almeida, o programa atende alunos da Educação Infantil e Ensinos Fundamental e Médio da rede pública estadual e municipal, que têm direito a até 44 passagens mensais gratuitas.

Uma reivindicação histórica de movimentos estudantis, a gratuidade na passagem representa um alívio no orçamento das famílias mais pobres, que são o foco do programa. Moradora do bairro da Paz, a estudante Alicia Reyes, de 16 anos, pega quatro ônibus por dia para ir às aulas no Centro Educacional de Tempo Integral (Ceti) Áurea Pinheiro Braga, no bairro Compensa, na zona oeste.

Da mesma escola, o estudante Simon Cardoso, 16, lembra que já perdeu aulas por não ter dinheiro para pegar ônibus. “Tem momentos que a gente não tem dinheiro para pagar passagem, mesmo pagando meia”, disse o estudante.

Com o benefício, além de garantir o transporte dos alunos para a escola, a ação também aumentou a possibilidade de locomoção dos estudantes para atividades extracurriculares. Como um curso fora da escola, uma atividade entre os alunos fora do ambiente escolar, como bem explica o estudante Lucas Pena, da recém-inaugurada Escola Estadual Terezinha Almeida da Silva, no Alvorada.

“Isso ajuda muito no meu dia. Eu pego ônibus todo dia para vir para escola e ir para minha casa, ir também para outros lugares, como um curso, ir para a casa de um colega fazer trabalho. É maravilhoso, o dinheiro que eu gastava nos ônibus, eu pude fazer outro tipo de coisas que aumentasse muito a minha produtividade no dia a dia”, afirmou Pena.

Para consultar a situação cadastral de seu cartão, os alunos devem acessar o site www.estudantes.manaus.am.gov.br. Os usuários novos, que nunca tiveram cadastro junto ao Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), devem solicitar a emissão do cartão. O agendamento ocorre por meio do site www.sinetram.com.br ou pelo aplicativo Cadê Meu Ônibus.

Para retirar o cartão, basta se dirigir ao posto selecionado, portando documento de identidade ou certidão de nascimento. Nos casos de menores de 18 anos, é necessário estar acompanhado de um responsável.

Em casos de gratuidade negada, os responsáveis pelo estudante devem procurar o Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Com o Passe Livre Estudantil, o estudante tem direito a até 44 passagens mensais, não cumulativas, proporcionais ao número de dias letivos de presença exigida nas instituições de ensino. A escola frequentada pelo estudante deve se localizar dentro do município de Manaus, sendo que a distância entre os endereços da escola e da residência do estudante não pode ser inferior a 1 quilômetro.

Related Articles

Check Also

Close
Close