Ouvidoria e ECP do TCE-AM concluem semana de ações itinerantes no interior do Amazonas

A Escola de Contas Públicas (ECP) e a Ouvidoria do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM) concluíram nesta sexta-feira (10), em Parintins, ações realizadas em outras cinco cidades do interior do Amazonas. Além das ações da Ouvidoria + Presente e Ouvidoria Estudantil, a visita também teve a abertura oficial, por parte da ECP, do Programa de Capacitação de Jurisdicionados do Amazonas (PCJAM).
Além de Parintins, a caravana do TCE-AM, por meio da Ouvidoria, visitou também os municípios de Tabatinga, Benjamin Constant e Atalaia do Norte, Nhamundá e Barreirinha onde foram realizadas palestras e atendimento à população de cada município, para compreender as necessidades e apresentar os trabalhos que são realizados em escolas públicas dos locais.
“O trabalho da Ouvidoria do Tribunal sempre foi muito ativo na sociedade. Ainda como ouvidor, tive a oportunidade de idealizar projetos que, hoje, possuem grande respeito e são exemplos para órgãos de outros estados, como é o ‘Ouvidoria Estudantil’. A intenção é que os projetos sejam difundidos para o interior do Amazonas”, destacou o presidente do TCE-AM, conselheiro Érico Desterro.
Idealizador da ação, o ouvidor do TCE-AM, conselheiro Josué Cláudio, destacou a missão da Corte de Contas amazonense de levar serviços e conhecimento não apenas para a capital, mas também para as municipalidades do interior. Para ele, essas são ações pontuais que serão de grande valor para o interior do Amazonas.
Escola de Contas
Já a Escola de Contas realizou o curso ‘Admissão de Pessoal: Concurso Público e Processo Seletivo’, que foi dividido em três dias, e direcionado principalmente para servidores públicos, além de estudantes e membros da sociedade civil, com coordenação da instrutora Holga Naito.
A abertura oficial do PCJAM, também realizada no município, abre espaço para que outras municipalidades recebam novas capacitações ainda no mês de junho, além de inúmeros novos cursos, workshops e seminários no decorrer do ano. Datas e inscrições podem ser feitas pelo site da ECP, pelo endereço virtual ecpvirtual.tce.am.gov.br.
Coordenador da ECP, o conselheiro Mario de Mello comentou sobre a boa receptividade da comissão do TCE-AM. “Tivemos apenas relatos positivos, inclusive agradeço a hospitalidade e o acolhimento de todos que receberam nossos servidores técnicos. Esse é um trabalho que não deve parar e logo logo teremos novas edições em ainda mais municípios”, disse.
Segundo a diretora da ECP, Solange Ribeiro, o curso selecionado para ser ministrado nos municípios, ‘Admissão de Pessoal: Concurso Público e Processo Seletivo’, atende a uma demanda existente nas localidades. “É uma temática complexa e que eles precisam conhecer e dominar, já que todos os municípios precisam fazer contratações, é fundamental que eles saibam a forma correta de proceder em situações do tipo”, disse a diretora.
Para o prefeito de Parintins, Bi Garcia, a implementação do curso pela ECP representa uma já tradicional parceria da Escola de Contas do TCE-AM junto aos municípios interioranos.  “Um exemplo dessa parceria é justamente esse curso que será excelente para orientar profissionais de Recursos Humanos e da Secretaria de Administração. O Tribunal de Contas possui esse trabalho educativo e muito bem vindo para melhorar cada vez mais as ações do serviço público”, disse o prefeito.
Experiência
Uma das participantes da ação e moradora de Parintins, a universitária do curso de ciências contábeis, Sansyara Machado, destacou a importância da capacitação.
“Veio para colaborar muito não só com o meu, como também com outras pessoas que já trabalham nessa área. Além de fazer um ponto positivo para nós na faculdade, essa ação nos torna mais preparados ainda, nos dá uma amplitude do que se passa e acontece. É um ponto que pode me colocar à frente de outros candidatos em uma disputa de empresa, por exemplo”.
Já o funcionário público Marcos Anwdrey da Luz falou sobre a democratização de cursos que, oferecidos gratuitamente pelo TCE-AM, democratizam o acesso.
“Esse curso trouxe bastante conhecimento para que nós da administração pública conheçamos todos os processos, qual a forma correta e incorreta de ser feita, ou seja, é um conhecimento que deixa de ser restrito, agregando valor na nossa vida pessoal, mas também profissional com a implementação desse curso em Parintins”, disse.
Após o término do curso, os participantes que cumpriram 75% das aulas receberão certificado de participação.

Related Articles

Check Also

Close
Close