Omar Aziz é o único senador do Amazonas a apoiar CPI do assédio eleitoral, induzindo que votem em Bolsonaro

Facebook
Twitter
WhatsApp
Foto: Agência Senado

 

MANAUS – Os senadores da oposição vão instalar, após a eleição presidencial, a CPI do assédio eleitoral, a proposta tem o aval do presidente do Senado, que se comprometeu a ler em plenário o requerimento de instalação 

O objetivo da CPI é apurar denúncias de assédio eleitoral por parte de empresários, gerentes de empresas e até mesmo de prefeitos municipais que ameaçam trabalhadores e trabalhadoras, exigindo ou induzindo que votem para à reeleição do presidente Jair Bolsonaro, ou ainda oferecendo prêmios ou recompensas para quem assim o fizer.

O Código Eleitoral define conduta como crime; pena é de até 4 anos de reclusão e multa.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, concordou com a relevância e a pertinência da demanda e disse que vai adotar os procedimentos de praxe em relação ao andamento das CPIs. Pacheco ainda afirmou que vai “colher o parecer da Advocacia” do Senado sobre o assunto. 

O senador Omar Aziz (PSD) foi o único do Amazonas a assinar o documento que pede a instalação do colegiado. Apoiado por Lula, Omar foi reeleito para representar o estado em Brasília.

Aziz ganhou relevância nacional pelas duras criticas ao Presidente Jair Bolsonaro, ao presidir a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, para Aziz, Bolsonaro foi negacionista desde o primeiro momento na condução da pandemia sendo  responsável pela morte de mais de 400 mil pessoas.

Nesta terça-feira (25.10.) o senador Alexandre Silveira (PSD-MG) informou no Plenário que o requerimento para a CPI do Assédio Eleitoral já conseguiu 28 assinaturas, uma a mais que o mínimo exigido. Conforme o requerimento, a comissão terá 11 membros titulares e 7 suplentes, com prazo de trabalho de 90 dias. 

Para o senador Alexandre a CPI é importante para ver se há um comando centralizado dessas ações e se há pessoas incorporando o papel de líderes dessas práticas.

 

Facebook
Twitter
WhatsApp
Email
Telegram
Print

MATÉRIAS RELACIONADAS

AMAZONAS

TCE - EM PAUTA

MANAUS

ASSEMBLEIA EM PAUTA

CÂMARA EM PAUTA

SÉRIE O AMAZONAS